Mais Acessadas

Vaticano analisa rota turística do Círio 2017

Ministro do Turismo negocia inclusão da festa no roteiro oficial da Santa Sé


Por: O Liberal Em 06 de outubro, 2017 - 10h10 - Círio

Oswaldo Forte

O Brasil está prestes a receber um importante aliado na comercialização de pacotes de viagem para destinos de turismo religioso, incluindo nessa rota o Círio de Nazaré, em Belém. Segundo o Ministério do Turismo, em reunião ontem com representantes da Opera Romana Pellegrinaggi, maior operadora de viagens do segmento no mundo, o ministro do Turismo, Marx Beltrão, abriu um canal de negociação entre os executivos italianos e brasileiros. O próximo passo é a elaboração de roteiros amplos que contemplem destinos religiosos e outros atrativos já consolidados.

No encontro com o monsenhor Remo Chiavarini, diretor-gerente da Opera Romana Pellegrinaggi, Marx Beltrão argumentou que o Brasil é o país com o maior número de católicos batizados no mundo – 170 milhões de pessoas. Destacou que há uma série de opções de roteiros, manifestações e monumentos religiosos, entre eles, o Círio de Nazaré, que reúne mais de dois milhões de fiéis durante a romaria em Belém.

Só o turismo religioso doméstico gera 20 milhões de viagens em mais de 300 destinos brasileiros, movimentando cerca de R$ 15 bilhões, informa o Ministério do Turismo. “Tenho certeza de que reunimos total condição de proporcionar uma ótima experiência turística mesmo para os visitantes mais exigentes”, comentou o ministro ao sustentar que ainda há um amplo espaço para o turismo religioso crescer no Brasil em âmbito internacional. De acordo com dados oficiais, apenas 30 mil visitantes internacionais vêm ao Brasil motivados pelo turismo religioso.

O representante máximo da Opera Romana explicou que, para justificar uma viagem de longa distância, o roteiro deve aliar destinos religiosos e atrativos consolidados. Como encaminhamento, o ministro se comprometeu a, junto com o trade turístico nacional, elaborar algumas propostas de pacotes turísticos ainda este ano e estabelecer uma ponte direta entre a agência oficial do Vaticano e operadoras brasileiras.

Na manhã de quarta-feira passada, o ministro encontrou-se com o Papa Francisco e o convidou para conhecer os roteiros religiosos do Brasil. A viagem ao Vaticano faz parte de ações que o MTur tem adotado para reforçar esse segmento de uma forma geral e, mais especificamente, a Rota das Missões Jesuíticas, que une o Brasil, Argentina, Uruguai, Bolívia e Paraguai.