Unidade médica itinerante combate parasitose intestinal

MOVIMENTO - Carreta equipada para atender a população ficará quatro dias na cidade


Em 19 de maio, 2017 - 06h00 - Atualidades

No Brasil, até 36% da população adulta e 55,3% das crianças sofrem com alguma parasitose intestinal, doença mais comum no mundo, segundo dados do Movimento Brasil sem Parasitose, Educar é o Caminho. Para ajudar no combate de doenças parasitológicas, o movimento tem como uma das suas principais ações a unidade médica móvel Movimento Brasil sem Parasitose, idealizada em 2016 pela Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG), com consultórios médicos adaptados em uma carreta que visita diversas cidades no país. A ação chegou ontem em Belém, que é a oitava entre 13 capitais a receber a iniciativa. O projeto itinerante da saúde já atendeu mais de 10 mil pacientes em 11 cidades brasileiras no ano passado. Em Belém, a expectativa é beneficiar pelo menos mil pessoas em  quatro dias de ação. 

Para ler a matéria completa, assine O Liberal Digital!