Mais Acessadas

Três homens são baleados por atiradores em carro prata

Duas das vítimas morreram no local. A terceira foi socorrida e encaminhada ao Hospital Metropolitano


Por: Redação ORM News com informações de O Liberal Em 12 de abril, 2017 - 23h11 - Polícia

Três homens foram baleados na noite de hoje (12) no bairro do Castanheira, em Belém. Duas das vítimas morreram no local e o terceiro foi socorrido e encaminhado ao hospital. O crime ocorreu dentro de um conjunto de apartamentos populares. Os atiradores surpreenderam as vítimas logo na entrada e, em seguida, fugiram em um carro prata.

O duplo homicídio ocorreu na rua Álvaro Adolfo, aproximadamente às 21h. A rua dá acesso à avenida Augusto Montenegro, por onde o veículo com os autores do crime seguiu, sem que ninguém conseguisse anotar a placa ou qualquer detalhe do carro usado pelos homicidas. 

Uma das vítimas morava no prédio. Os três homens chegavam ao local quando foram surpreendidos na entrada pelos assassinos. Um deles ainda tentou correr, mas foi alcançado e morto nos fundos do prédio, já na garagem. 

O aspirante Hamilton, do 1°Batalhão da Polícia Militar, explica que testemunhas revelaram que os assassinos - pelo menos duas pessoas - desceram de um veículo de cor prata. Os homicídas não deram qualquer chance de defesa para as vítimas. O crime tem caraterísticas de uma execução, já que nada foi levados dos rapazes. "A informação inicial é que um deles residia no local. Uma das pessoas possui antecedentes criminais", explica.

Uma das vítimas identificadas foi Lucivaldo Santa Rosa Viana, 25 anos. Ele estava desde o dia 6 de abril em liberdade provisória. Foi ele quem tentou correr, mas foi alcançado pelos assassinos. Já a segunda vítima foi identificada como Antonio Lima Neto, 22 anos. Ele foi morto logo na entrada do edifício, atrás da escada que dá acesso aos apartamentos. Os dois não resistiram à gravidade dos ferimentos e morreram no local.

O terceiro ferido foi Pedro Joelson Reis da Silva, 19 anos. Ele é o único sobrevivente e a principal testemunha do crime. O jovem foi socorrido e encaminhado para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua.

A suspeita é de que os homens baleados teriam envolvimento com a criminalidade e são suspeitos de cometer assaltos, no bairro e ao longo da BR 316. Mas a informação ainda será apurada de forma mais detalhada. Além disso, há câmeras de segurança na entrada do prédio, e a polícia irá analisar se os equipamentos estavam funcionando no momento do crime. Por enquanto, não há pistas sobre os autores do crime ou a motivação.