Mais Acessadas

Tereza Haianne é a Rainha das Rainhas da 70ª edição

Candidata representou o Clube dos Advogados e desfilou com a fantasia "A última dama de fogo"


Por: Heloá Canali (ORM News) Em 30 de janeiro, 2016 - 00h12 - Rainhas

Foto: Igor Mota (O Liberal)

A experiência de participar de concursos de beleza desde a infância , corou Tereza Haianne, do Clube dos Advogados, a Rainha das Rainhas dos 70 anos do maior concurso de beleza e fantasia do país. A morena de 19 anos, 1,76m de altura e 60 kg, vive nas passarelas desde os 13 anos. Ela veio com a fantasia "A última dama de fogo".

Após receber o belo troféu da edição histórica do concurso, ela falou emocionada à reportagem do ORM News. "Estou muito feliz, estou muito feliz! Fiquei de cama por um período e não conseguia malhar e ensaiar, mas mesmo assim eu consegui e isso só mostra que tudo valeu a pena. Queria agradecer muito à minha mãe, que desde quando eu era criança assistia junto comigo e quando eu perguntava pra ela, 'mãe, será que consigo ser rainha?' Ela sempre dizia que sim, e agora estou aqui, que felicidade!"

A morena contou, na passarela, a história de Deara, a chama da iniciação do mistério do fogo. Como características representadas na fantasia estavam o auto-conhecimento, o fascínio, amor, sedução, desejo e paixão. A cabeça da fantasia remeteu a uma transição mística. No corpo, ela trouxe um cinto estilizado em peças de strass que remetiam às chamas. No resplendor, labaredas de fogo. No centro, um portal enigmático. A fantasia veio nas cores dourado, vermelho e laranja. A criação foi de Rodolfo Gomes e Ronald Rubens, a coreografia de Luan Branchs.

Foto: Igor Mota (O Liberal)

O Rainhas - A edição histórica do Rainha das Rainhas não poderia ter outra palavra para descrevê-la a não ser: deslumbrante. Candidatas belíssimas, fantasias que misturaram luxo, beleza, luzes, brilho, ilusionismo e também muita tecnologia. 

Entraram no palco índias, bruxas, pássaros, rainhas, personagens do carnaval, uma tigresa e até o centro histórico de Belém esteve representado. O Hangar ficou lotado e as torcidas eufóricas. A cada candidata que entrava a ansiedade pelas novidades e atrativos das fantasias. Plateia e jurados puderam ver "nevar", candidatas virando bruxa, outra simulando um voo de vassoura, mulher virando tigre e até o voo de uma nave espacial.

O Rainha das Rainhas 2016 deu um carro Fiat zero quilômetro a rainha, além de um belíssimo troféu. A primeira princesa, Ariane Viana, do Paysandu, ganhou uma viagem internacional. Já a segunda, Victoria Pinto, a terceira, Pâmela Pinheiro, e quarta princesa, Roana Frazão, ganharam cada uma viagem para uma cidade brasileira que escolherem.

Foto: Igor Mota (O Liberal)