Mais Acessadas

Sebrae lança pesquisa inédita para o mercado de shoppings

O estudo tem como objetivo ampliar o potencial dos lojistas paraenses


Por: Redação ORM News Em 06 de fevereiro, 2017 - 18h06 - Economia

Pesquisa do Sebrae no Pará realizada com 2.400 pessoas frequentadoras de shoppings centers da Região Metropolitana de Belém aponta que 84% dos entrevistados consideram que o maior motivo para consumo são os produtos com preços justos e de boa qualidade, liderando nessa busca pelo consumo, os segmentos de vestuários e de alimentos. O estudo, inédito para o setor, foi lançado na última sexta-feira (03),  em Belém.

O estudo revela ainda que 39% do público tem o costume de ir shopping ao menos uma vez por mês para fazer compras, já o restante vai com o interesse de ir ao cinema ou utilizar serviços bancários. Outro dado levantado é sobre o estado civil dos consumidores, que, em grande parte, é de solteiros que apresentam melhores condições de consumo, representando 67% do total de entrevistados. Além disso, diante da facilidade de acesso a redes sociais pelo celular, o Facebook é o principal canal de busca por informações e promoções, segundo mais de 70% do público.

De acordo com o superintendente do Sebrae no Pará, Fabrizio Guaglianone, o trabalho tem o objetivo de ampliar o potencial dos lojistas de shoppings, por meio de uma atuação com foco no mercado. “Esse é mais um dos estudos da nossa área de inteligência de mercado para apresentar um recorte específico de cada segmento, é uma forma de dar acesso a informações estratégicas de mercado para que as pequenas empresas possam entender as dinâmicas do consumidor, porque a gente percebe que há uma constante mudança de hábitos de consumo hoje em dia”, disse Guaglianone, que adianta que em breve essa pesquisa será feita em shoppings de outras regiões do estado do Pará.

Para Tony Bonna, coordenador estadual da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) no Pará, é necessário conhecer melhor o cliente e suas necessidades, por isso a importância de pesquisas que possam nortear dos empresários desses segmentos. “A maioria dos lojistas satélites de shoppings centres são micro e pequenos empresários e esse trabalho vem ao encontro do que buscamos. São informações importantes para os lojistas, para que passem a entender os principais anseios dos consumidores e, principalmente, como atender a esses anseios. É uma oportunidade para que eles possam se qualificar, e melhorar o  atendimento e ampliar seus empreendimentos. Assim, ganha o consumidor e os lojistas”, destacou Bonna.

Projeto

A pesquisa também faz parte de um dos projetos de apoio a micro e pequenos empresas do Sebrae no estado em parceria com a Abrasce, chamado “Minha loja é vitrine”. O objetivo é incentivar os pequenos negócios a partir da identificação de oportunidades de mercado dos shoppings junto aos clientes e realização de diagnóstico empresarial.