Mais Acessadas

Rússia divulga atletas que pretendem driblar suspensão

Atletismo do país está suspenso de provas internacionais por escândalo de doping


Por: O Globo Em 05 de julho, 2016 - 09h09 - Atletismo

Foto: DENIS BALIBOUSE / REUTERS

A Federação de Atletismo da Rússia (Araf) divulgou nesta terça-feira os nomes dos 68 atletas que solicitaram à Federação Internacional de Atletismo (IAAF) liberação para participar da Olimpíada do Rio, em 2016. O atletismo do país está suspenso de competições internacionais desde novembro, devido ao escândalo de doping envolvendo treinadores e dirigentes russos.

Yelena Isinbayeva, bicampeã olímpica do salto com vara e detentora da melhor marca da temporada (4,90m) - não reconhecida oficialmente, devido à suspensão do atletismo russo de competições - é uma das atletas que pediu à IAAF para ter sua participação autorizada na Rio-2016.

Outros nomes de destaque na lista são Ivan Uhkov, ouro em Londres-2012 no salto em altura, e Sergey Shubenkov, atual campeão mundial nos 110m com barreiras.

De acordo com a Araf, todos os 68 atletas pediram autorizações individuais à IAAF para que possam participar da Rio-2016, apesar do banimento do atletismo russo de competições internacionais. A IAAF havia aberto a possibilidade de atletas da Rússia comprovadamente livres de doping, ou que tivessem mostrado empenho em lutar contra o doping no esporte, pudessem receber autorizações especiais para competir no Rio.

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) anunciou na segunda-feira que decidirá, caso por caso, sobre a participação de atletas russos na Olimpíada de 2016. O veredicto, segundo o CAS, deve sair até 21 de julho, cerca de duas semanas antes do início dos Jogos.

Por enquanto, a única atleta russa autorizada pela IAAF a participar da Olimpíada do Rio foi a meio-fundista Yulia Stepanova, especialista em provas de 800m e 1.500m. Stepanova, que já foi suspensa por doping em 2013, foi a delatora do esquema de doping enraizado na Araf, conduzindo à punição dada pela IAAF.