Mais Acessadas

Produtos típicos do almoço do Círio estão mais caros

A tradição de reunir a família para saborear pratos como pato no tucupi e maniçoba vai pesar no bolso dos paraenses


Por: Redação ORM News Em 05 de outubro, 2016 - 07h07 - Círio

Os patos vivos encontrados nas feiras livres pesam de 2,5 Kg a 3,5 Kg, com preços que variam entre R$ 50,00 a R$ 80,00 com um reajuste em torno de 12% em relação ao Círio do ano passado.Segundo os comerciantes o aumento do preço da gasolina e do alimento das aves, tem diminuído inclusive a quantidade de patos para abastecer o mercado de Belém.

Os comerciantes contam que nesta época do ano cerca de 20 mil patos vivos em feiras como Ver-o-Peso e da avenida Rômulo Maiorana, vindos do Maranhão. Hoje a situação é bem diferente. 
eram ofertados por ocasião do Círio nas Feiras Livres da Grande Belém, principalmente no Ver-o-Peso e 25 de Setembro a maioria vinda do Maranhão. Hoje a situação esta bem diferente,  até a semana passada menos de duas mil aves estavam disponíveis. 

Há anos trabalhando como vendedor de aves vivas e abatidas na feira da Avenida Rômulo Maiorana,  Marcelo Carvalho confirma baixo movimento de clientes nos últimos dias. "Esse ano o preço do pato está um pouco mais caro do que no ano passado. O pato aqui ainda está tendo pouca saída, mas a gente espera que nesta semana as vendas melhorem", comentou.

Já os patos congelados comercializados em sua grande maioria nos supermercados estão sendo muito procurados. Segundo as pesquisas do Dieese-PA feitas no período de 26 de setembro a  01 de outubro, mostram que a grande maioria das redes de supermercados da Grande Belém já estão comercializando o pato congelado custando entre R$ 16,40 a R$ 17,95, com reajustes que oscilam  entre 5%  a 10%, dependendo do local de compra.

Foto: Igor Mota / O Liberal

Os itens da maniçoba também estão com preços bem mais elevados que no Círio do ano passado, principalmente a maniva e os ingredientes suínos.  As pesquisas do Dieese-PA realizadas na semana passada mostram que a maniva apresentou reajustes que oscilam entre 5% a 20%, variando dependendo do local e do tipo comercializado, se crua ou pré-cozida.  Nas feiras, o quilo da maniva crua tem preços diferenciados e pode ser encontrada custando entre R$ 3,00 a R$ 4,00. Já o produto pré-cozido está sendo comercializado nos mesmos locais com preços que variam entre R$ 4,00 a R$ 6,00. Já nos supermercados, o quilo da maniva pré-cozida está saindo com preços oscilando entre R$ 3,19 a R$ 4,50, dependendo da marca e local de comercialização.

 Foto: Igor Mota / O Liberal

Este ano, a família de Maciel Borges, 64, vai experimentar fazer a maniçoba tradicional e não estranhou o preço dos ingredientes do prato, considerado um dos mais tradicionais nesta época do ano. "Eu não sei se está mais caro ou mais barato porque nunca fiz maniçoba antes. Este ano vamos reunir a família e gostaria de oferecer a maniçoba. Para mim os preços estão acessíveis", comentou.

Alguns complementos do almoço do Círio, como o maço do jambu e da alfavaca também estão mais caros este ano, segundo as pesquisas. O jambu comercializado nas feiras pode ser encontrado com preços variando entre R$ 1,50 a R$ 2,00, o maço. Já a o maço da alfavaca pode ser encontrado custando entre R$ 1,00 a R$ 2,00. Nos supermercados estes dois produtos têm preços diferenciados:o jambu pode ser encontrado com preços variando entre R$ 1,30 a R$ 1,40; e a alfavaca pode ser encontrada com preços oscilando entre R$ 1,35 a R$ 1,40.

O preço do pernil suíno também sofreu reajuste. O produto da marca Aurora (com osso), por exemplo, está sendo comercializado em média R$ 17,15 nas principais Redes de Supermercados da Grande Belém , com um crescimento de preço de aproximadamente 15% em relação ao Círio do ano passado. O Peru que nos últimos anos teve aumento de oferta e de consumo, também esta um pouco mais caro. O peru congelado Sadia esta custando em média R$ 14,92  e o da marca Perdigão temperado está custando em média R$ 13,10, o quilo.

Foto: Igor Mota / O Liberal

O Frango congelado ou resfriado continua sendomuma boa opção parabq6em quer economizar. O frango resfriado da marca Americano, por exemplo, está sendo comercializado em média a R$ 6,84 mantendo o mesmo preço verificado no Círio do ano passado. Já o frango congelado Avispara está sendo comercializado em média em supermercados da Grande Belém, a R$ 5,96 e o Americano está saindo a um preço médio de R$ 5,97, ambos com reajuste em relação ao Círio passado.

Foto: Igor Mota / O Liberal

Outromitem que sofreu reajuste foi o tucupi, chegando a registrar mais de 10% de aumento. Em média a garrafa de dois litros do tucupi está sendo comercializada nas principais feiras da Grande Belém a R$ R$ 8,63 (com os preços variando entre R$ 5,00 a R$ 15,00). Já nos supermercados o tucupi também está bem mais caro. A garrafa de está sendo comercializada com preços variando entre R$ 10,80 a R$ 14,90.

 Arte: Waldez/ O Liberal