Mais Acessadas

Procissão rodoviária percorrerá trajeto mais curto

Com a redução, a imagem da Virgem de Nazaré não irá até Marituba


Por: O Liberal Em 16 de setembro, 2016 - 07h07 - Círio

Foto:  Cristino Martins / O Liberal (arquivo)

A maior procissão em extensão do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, o Traslado para o município de Ananindeua, que sai sempre na sexta-feira que antecede a Grande Romaria do segundo domingo de outubro, vai percorrer um trajeto mais curto neste ano. Ao contrário dos anos anteriores, o Traslado não chegará ao município de Marituba. Ele seguirá da Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, no bairro de Nazaré, em Belém, até à barreira da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Ananindeua, e de lá retornará à Igreja Matriz do município vizinho à capital paraense. 

De acordo com a diretoria da Festa de Nazaré, a redução do percurso foi feita para encurtar o tempo do cortejo, desafogar o trânsito na rodovia BR-316 e diminuir o desgaste físico dos profissionais dos órgãos de segurança pública e de autoridades da Igreja que atuam desde a sexta-feira junto às romarias oficiais da quadra nazarena.

“Esse ano, Marituba receberá a imagem peregrina no final de semana que antecederá o Círio. Ela pernoitará na Igreja Matriz do município e percorrerá as ruas da cidade, o que nunca aconteceu antes. Então, assim Marituba será contemplada também’’, disse o diretor de Procissões da Festa de Nazaré, Antônio Sousa, ao explica as mudanças implementadas neste ano.

No dia 7 de outubro, o Traslado vai percorrer 45 quilômetros. A redução do trajeto ocorre desde o ano passado quando essa procissão já foi um pouco menor, por orientação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que também é uma das responsáveis pela organização da romaria, junto com a diretoria da Festa de Nazaré. Com as mudanças para melhorar o fluxo da procissão, em 2015, o trajeto ficou com 47 quilômetors. Em 2014, essa romaria percorreu 55 quilômetros.

‘’A rodovia BR-316 ficava muito congestionada, eram quase duas horas só para fazer o contorno entre a barreira da PRF, em Ananindeua, e a Praça do Menino Jesus, em Marituba. Sem, dúvida, um grande transtorno para o trânsito na rodovia. Então, tudo isso foi avaliado sem causar nenhum prejuízo a qualquer comunidade’’, afirmou Antônio Souza. 

No trajeto, o Traslado para Ananindeua mobilizava centenas de pessoas entre Ananindeua e Marituba, que esperavam o cortejo em grandes grupos nas laterais da BR-316. A procissão também recebia a homenagem oficial do Instituto de Ensino de Segurança Pública do Pará (Iesp), situado em Marituba.