Mais Acessadas

Presos acusados de praticar quatro crimes em duas horas

Três homens e uma adolescente integravam o bando responsável pelo roubo de três carros e assalto a um restaurante


Por: Redação ORM News com informações de O Liberal Em 10 de março, 2017 - 20h08 - Polícia

Quatro pessoas foram presas e uma adolescente foi apreendida na manhã desta sexta-feira (10), por envolvimento no roubo de três carros e assalto a um restaurante, no dia 8 de março. Foram quatro crimes em duas horas. Eles foram capturados por policiais civis da Unidade Integrada Pro Paz (UIPP) do Guamá, após uma denúncia do Núcleo de Segurança da Universidade Federal do Pará (UFPA). Todos os veículos roubados por eles foram recuperados e placas clonadas foram apreendidas. Ainda ontem os proprietários dos veículos começaram a ser informados e reconheceram os assaltantes.

Foto: Ary Souza

O Núcleo de Segurança da UFPA identificou, dentro da universidade, um carro Honda Civic com registro de roubo. Os policiais da UIPP imediatamente foram ao local para constatar e esperar pelos criminosos. Foi quando Carlos Antônio Lourinho da Conceição, Luan Gabriel do Nascimento Monteiro, Hugo Patrick Antunes Pereira e a adolescente chegaram em um Fiat Palio cinza. Eles já estavam com placas clonadas para colocar no Honda Civic. Também foram encontrados alicates, chaves de fenda, chaves de rodas e celulares. Os dois carros foram apreendidos.

Após interrogar os três adultos, os policiais conseguiram chegar a Fabrício Ferreira Borges, no Riacho Doce. Ele restava com a chave de outro Honda Civic, que foi recuperado no bairro de São Brás e já estava com placas clonadas. O delegado Daniel Castro, diretor da UIPP do Guamá, os autuou por roubo qualificado (uso de armas e com participação de duas ou mais pessoas), formação de quadrilha e receptação.

Todos os crimes foram cometidos na noite do último dia 8. Primeiro roubaram o Palio na Cremação. Depois, no conjunto Médice, roubaram um Honda Civic prata. Por último, roubaram um Honda Civic cinza. Com os veículos, assaltaram um restaurante que fica na avenida José Bonifácio. Todos os crimes, pelas imagens de segurança obtidas, foram com uso de revólveres, mas nenhuma arma foi encontrada pelos policiais.

"Luan está sendo preso pela terceira vez. Já esteve preso por uma 'entradinha' bancária no Tapanã, roubo de veículos, posse de armas e agora roubo de veículo. Mas vale ressaltar a parceria com o Núcleo de Segurança da UFPA, que identificou o veículo roubado e nos informou. Foi a partir daí que conseguimos prender a quadrilha toda", conclui o delegado Daniel.