Mais Acessadas

Pesquisas colocam Edmilson e Zenaldo no 2º turno em Belém

Ibope e Doxa apontam disputa entre o candidato do PSOL e do PSDB pela prefeitura de Belém


Por: O Liberal Em 01 de outubro, 2016 - 12h12 - Eleições

Pesquisas apontam que os candidatos Edmilson Rodrigues (PSOL) e Zenaldo Coutinho (PSDB) disputarão o segundo turno pela prefeitura de Belém. De acordo com a terceira rodada de pesquisa Ibope, encomendada pela TV Liberal, realizada entre os dias 28 a 30 de setembro, o candidato do PSOL perdeu cinco pontos percentuais em relação à pesquisa do último dia 10 e aparece agora com 33% dos votos válidos (excluídos os votos brancos, nulos e indecisos). No mesmo período, Zenaldo Coutinho subiu mais um ponto percentual, e desponta pela primeira vez em segundo lugar, com 23% das intenções de voto.

Foto: Cristino Martins (O Liberal)

Já a pesquisa Doxa, que ouviu 800 eleitores, de 26 a 29 de setembro, indica um cenário ainda mais apertado entre os dois adversários: 35,2% dos votos válidos para Edmilson contra 28,1% para Zenaldo. Como a margem de erro desse levantamento é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, os dois nomes estão, praticamente, empatados tecnicamente - diferença de apenas 0,1 ponto percentual.

Os demais candidatos aparecem em um patamar bem mais abaixo: Eder Mauro (PSD), com 16,7%; Professor Maneschy (PMDB), 10,3%; Ursula Vidal (Rede), 7%; e Regina Barata (PT), 1,5%. Os outros nomes que disputam a eleição não alcançaram 1% das citações válidas. 

O Ibope, por sua vez, mostra o candidato Eder Mauro (PSD) na terceira posição, com 20% das menções válidas, depois de perder mais seis pontos percentuais em relação à análise anterior. Mesmo com o ritmo intenso de queda na reta final do primeiro turno, o Ibope destaca o candidato do PSD tecnicamente empatado com o atual prefeito, uma vez que a margem de erro da pesquisa é de quatro pontos percentuais. Nas posições seguintes surgem os nomes do Professor Maneschy, que oscilou de 6% para 15%; e Ursula Vidal, que passou de 2% para 5%.

Os candidatos Cleber Rabelo (PSTU), Lelio Costa (PCdoB), Professor Ivanildo (PRTB) e Regina Barata (PT) surgem na sequência com apenas 1% dos votos válidos. Luis Menezes (PCB) não foi citado.