Mais Acessadas

Paróquia de Perpétuo Socorro acolhe a Senhora de Aparecida

Arquiciocese celebra a Semana Mariana levando imagem da padroeira às igrejas


Por: O Liberal Em 24 de março, 2017 - 07h07 - Belém

Foto: Cristino Martins

Fiéis da Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, na Região Episcopal Santa Cruz, no Telégrafo, acolheram a imagem jubilar de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, no começo da noite de ontem (24).

Cerca de 3.500 fiéis compareceram à igreja, para participar da missa celebrada durante a programação da Semana Mariana. Durante toda esta semana, a imagem de Nossa Senhora Aparecida tem sido levada às igrejas da Arquidiocese de Belém para colebrar os 300 anos do achado da imagem da santa por pescadores no Rio Paraíba do Sul, em São Paulo. A programação de evangelização com a imagem jubilar tem o objetivo de integrar os paroquianos das regiões episcopais em Belém.

A celebração eucarística foi presidida pelo arcebispo metropolitano de Belém, dom Alberto Taveira. Ele ressaltou durante sua homilia que Nossa Senhora é “portadora da reconciliação” e incentivou a reconciliação dos católicos e pregou a paz. “A visita de Nossa Senhora serve de incentivo para que se busque a reconciliação com Deus e seu perdão. A reconciliação entre nós em uma sociedade muito violenta”, pregou dom Alberto.

O pronunciamento do arcebispo metropolitano teve como base a passagem bíblica quando Maria se manteve de pé, firme, diante de Jesus na cruz, exemplificando a sua fé. 

“Eu gostei muito das palavras de dom Alberto. É um chamado para que as pessoas sejam mais fraternas entre si a partir dos ensinamentos de Jesus e o exemplo de Maria”, disse a dona de casa Maria das Neves Melém. 61 anos. “Esse é um momento muito feliz , porque é repleto de fé e bênçãos”, completou.

A missa foi acompanhada por fiéis das paróquias de Perpétuo Socorro, Santa Cruz, Francisco Xavier, São Raimundo Nonato, São Sebastião, Aparecida, São Geraldo Magela, Sagrada Família, João Paulo II, São Jorge, Jesus Ressuscitado, Divina Providência, Imaculada Conceição e São Benedito. Participou da coordenação da missa o padre Marcos Halmenschlager, da Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Presença

O vigário episcopal da Região Episcopal Santa Cruz, cônego Ronaldo Menezes, disse que a celebração dos 300 anos do achado da imagem de Nossa Senhora Aparecida é singular e traduz a devoção mariana do povo brasileiro.”Nossa Senhora está presente na vida das pessoas, na figura de mãe protetora, redentora”, afirmou.

Ao longo desses 300 anos, prosseguiu o sacerdote, Nossa Senhora intercedeu junto a Deus para a concretização de milagres, graças alcançadas pelos cidadãos. “E ela nos mostrou que Deus está conosco e continua a nos olhar com carinho. Nossa Senhora é aquela que mostra o rosto de Deus”, assinalou o cônego Ronaldo Menezes, à frente da Paróquia de São Geraldo Magela. 

O bispo auxiliar de Belém, dom Irineu Roman, afimou que a presença da imagem jubilar da Padroeira do Brasil em Belém marca a integração das paróquias. “Essa visita mostra a unidade em torno de um ícone que é de grande relevância para todo o Brasil. É a comunhão dos devotos, é a unidade da Igreja em termos da evangelização para o bem da população brasileira”. 

A final da missa, após a consagração de Nossa Senhora Aparecida e a bênção final por dom Alberto Taveira, fiéis se concentraram diante da imagem da imagem jubilar para orar e fazer fotografias. A Virgem vai ser homenageada hoje por devotos da Paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe, em Ananindeua.