Paraense concorre a prêmio de literatura em São Paulo

Escritor Edyr Augusto Proença é um dos concorrentes do prêmio São Paulo de Literatura


Por: Redação ORM News com informações da assessoria Em 04 de julho, 2016 - 19h07 - Dicas: livro e DVD

Foto: Divulgação

O escritor paraense Edyr Augusto Proença é um dos concorrentes ao Prêmio São Paulo de Literatura, promovido pelo governo de São Paulo. O paraense concorre com a obra 'Pssica'.

Em 2016, autores de 14 Estados concorrem ao prêmio de R$ 200 mil na categoria melhor livro do ano e ao de R$ 100 mil para cada um dos vencedores da categoria autor estreante, dividido nas submodalidades mais de 40 anos e menos de 40 anos, totalizando R$ 400 mil em premiação.

Na categoria principal estão classificados 79 livros; para autor estreante de até 40 anos, foram habilitadas 52 obras; já para autor estreante com mais de 40 anos, são 44 os inscritos.

Em 2015, Tempo de Espalhar Pedras (Cosac Naify), do potiguar Estevão Azevedo, foi eleito pelo júri do Prêmio São Paulo de Literatura o Melhor Livro do Ano. Já a pernambucana Micheliny Verunschk, com Nossa Teresa – Vida e Morte de uma Santa Suicida (Patuá), foi contemplada na categoria Autor Estreante +40 e Débora Ferraz, também pernambucana, recebeu prêmio na categoria Autor Estreante -40, com o romance Enquanto Deus Não Está Olhando (Record).

Grandes nomes da literatura nacional já venceram outras edições do Prêmio, tais como Cristóvão Tezza (O Filho Eterno), Ronaldo Correia de Brito (Galiléia), Raimundo Carrero (Minha Alma é Irmã de Deus), Tatiana Salem Levy (A Chave de Casa), Rubens Figueiredo (Passageiro do Fim do Dia), Daniel Galera (Barba Ensopada de Sangue) e Bartolomeu Campos de Queirós in memoriam (Vermelho Amargo).

O prêmio foi criado em 2008 pelo governo de São Paulo para incentivar a produção literária e valorizar novos autores e editoras independentes. Desde a criação o prêmio teve mais de 1.200 livros inscritos e 19 romances premiados.