Mais Acessadas

ORM News registrou 40 mil acessos durante Rainha das Rainhas

A transmissão do Portal ORM News também pôde ser vista pelos canais 23 e 523 da ORM Cabo


Por: O Liberal Em 08 de fevereiro, 2015 - 08h08 - Rainhas

No estúdio, Meg Barros ancorou a transmissão feita pela TV e pelas redes virtuais

Todas as mídias das Organizações Romulo Maiorana (ORM) se centraram sobre o maior concurso do carnaval paraense e levaram ao público do Brasil e do mundo toda a exuberância do Rainha das Rainhas 2015. Para quem não pôde acompanhar, a TV Liberal apresentará na madrugada de amanhã um compacto com os melhores momentos de 69ª edição do certame. O portal ORM News registrou cerca de 40 mil acessos no momento da apresentação.

Jornalistas, cinegrafistas e técnicos de todos os veículos das ORM se envolveram na missão de levar aos telespectadores, internautas e leitores todos os detalhes do concurso. Mais de 100 profissionais trabalharam para possibilitar a transmissão do concurso na íntegra via internet e pelo canal 23 da ORM Cabo. “Foi a primeira vez que fizemos a geração de imagem também para um canal de TV. No ano passado a transmissão foi feita apenas para a internet. Pelo grande nível de exigência desta tarefa, claro que houve problemas, mas ainda assim considero que a transmissão foi um sucesso”, declarou o diretor de novos negócios das ORM, Ribamar Gomes.

Em um dado momento da transmissão, o portal registrou picos de mais de 1.800 acessos simultâneos, com uma estimativa total de 38 mil a 40 mil acessos totais durante todo o desfile. A hashtag #Rainhas2015 ficou em primeiro lugar entre os Trending Topics do Twitter para usuários de Belém - assuntos mais comentados do momento na rede social. “O número crescente de pessoas que procuram o Rainhas online mostra que estamos fazendo um trabalho que agrada ao público. As pessoas estão aprovando e vamos continuar aperfeiçoando o modo de transmitir o concurso”, observou o diretor.

Está em estudos a criação de um novo veículo das ORM: um canal de tevê fechada. “Queremos desenvolver um canal com pelo menos seis horas de jornalismo diários, com conteúdo produzido por nós. Além disso, esperamos que 50% da programação seja voltada para produções independentes locais”, adiantou Ribamar. O canal deve oferecer para assinantes de diversas empresas de TV a cabo a opção de assistir ao desfile na integra, em anos vindouros.

E para quem perdeu o transmissão ao vivo do concurso, a TV Liberal preparou um compacto de 20 minutos com os melhores momentos do Rainha das Rainhas 2015. O programa será exibido logo após o compacto do desfile das escolas de samba do grupo especial de Belém, a 0h20 de segunda-feira.