Mais Acessadas

O Liberal :sonhos transformados em realidade

O LIBERAL é o símbolo da visão empreendedora de Romulo Maiorana


Por: O Liberal Em 06 de dezembro, 2016 - 08h08 - O Liberal 70 anos

Arte: J. BoscoAlgumas pessoas nascem com o dom de sonhar grandes sonhos. Certos projetos de vida acabam virando parte da vida de outras pessoas. Mas poucas, muito poucas, nascem com a capacidade de transformar ideais em realidade. A essas pessoas, a história costuma chamar de visionários.

O dia 15 de novembro de 1966 marca a trajetória de um homem que se confunde com parte da história do Pará. Mas o que é ser visionário no mundo pós-guerra? Como é possível que milhares de pessoas vivam o mesmo sonho ao mesmo tempo? Talvez, a resposta esteja numa palavra que só agora, em plena era digital, começa adquirir sentido mais amplo: compartilhar!

Dividir parte de sua vida e a realidade do Estado com cada paraense foi o sonho de um visionário chamado Romulo Maiorana. Foram seus princípios empreendedor e político que deram mote para aquilo que seria uma das maiores marcas da comunicação no Pará, o jornal O LIBERAL.

Há muito a falar sobre as conquistas deste jornal, que completa 70 anos. Números não faltam para demonstrar sua grandeza, importância e pioneirismo. Mas a frieza dos números não consegue traduzir o ideal de seu criador. Afinal, ser liberal é defender a liberdade individual, nos campos econômico, político, religioso e intelectual, contra qualquer intervenção externa. O LIBERAL se tornou mais do que uma marca. É um princípio que se apoia em dois valores presentes em todas as suas edições: a tolerância e a força da razão.

No dia a dia, podemos dizer razão e imparcialidade são dois elementos que fazem das páginas de O LIBERAL um instrumento importante na política paraense. Seja pelo registro e testemunho de acontecimentos históricos, seja como base de informação para decisões igualmente históricas. 

É assim na Assembleia Legislativa e nos gabinetes do governador do Estado e do prefeito de Belém. É assim também na Câmara Municipal de Belém. Os anais da Câmara estão repletos de matérias publicadas nas páginas de O LIBERAL - prova incontestável de que o trabalho de repórteres, fotógrafos e editores, vai muito além do que simplesmente fazer notícia. Trata-se de proporcionar informação para que autoridades e governantes possam atender às demandas da sociedade.

Ao ouvir o cidadão em cada matéria, o repórter de O LIBERAL dá continuidade ao sonho de Romulo Maiorana. Compartilha o desejo de uma sociedade livre e, por assim dizer, liberal.

Setenta anos é motivo de orgulho para todos os profissionais que fazem este jornal. Mas, para nós que fazemos a Câmara Municipal de Belém, esse orgulho se materializou em duas homenagens que seguirão pela história e que fazem jus ao sonho, ao ideal e ao homem - Prêmio e Medalha Romulo Maiorana.

O prêmio é entregue a escolas da rede pública ou comunitárias que implantaram programas ou processos escolares empreendedores. A medalha reconhece pessoas ou entidades que se destacaram na prestação de serviços voluntários. Mais do que o nome de Romulo, ambas reproduzem o que O LIBERAL faz de melhor: valorizar o povo do Pará.