Mais Acessadas

Número de inscritos no Círio Fluvial ultrapassa o de 2015

Até agora, 385 embarcações foram inscritos para a Romaria Fluvial


Por: O Liberal Em 07 de outubro, 2016 - 09h09 - Círio

Foto: Fabio Costa/ O Liberal

Até ontem à tarde, 385 embarcações foram inscritas para participar da Romaria Fluvial do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, que acontece amanhã, saindo da orla de Icoaraci até a escadinha do Cais do Porto, ao lado da Estação das Docas, em Belém. O número já supera o ano anterior, quando cerca de 360 estiveram no Círio Fluvial. A inscrição encerra somente às 12h de hoje, é gratuita e pode se inscrever a embarcação que garanta segurança e seja inscrita em qualquer Capitania do Brasil, na sede da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR), na rua Gaspar Viana, nº 575, Campina. 

Segundo a Marinha do Brasil, por meio do Comando do 4º Distrito Naval, a finalidade do procedimento é garantir a segurança dos romeiros para a procissão fluvial, a salvaguarda da vida humana nos rios e a prevenção da poluição do meio hídrico. Para garantir isso, além da Capitania dos Portos, embarcações de órgãos parceiros federais, estaduais e municipais ajudam na fiscalização nos rios como a Polícia Federal, Receita Federal, Praticagem, Cruz Vermelha e outros.

“Não estaremos participando somente com as lanchas da Capitania, mas também com navios patrulha subordinados ao Comando do 4º Distrito Naval, que vão nos auxiliar nessa fiscalização, além de embarcações do Grupamento de Fuzileiros Navais de Belém. A intenção dessa fiscalização mais forte é para termos atuação maior nas áreas adjacentes de Belém, ou seja, todas as vias que possam chegar ou sair embarcações para que possamos fiscalizá-las”, explica o capitão dos Portos, Aristide de Carvalho Neto.

Para estabelecer as novas regras de comportamento para as embarcações que vão participar da Romaria Fluvial do Círio, foi expedida a Portaria nº 30/1 pelo comandante do 4º Distrito Naval Alípio Jorge Rodrigues da Silva. O documento foi publicado no Diário Oficial da União, dia 12 de setembro deste ano. Além da Portaria, a Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário (9.537/1997) respalda a Capitania dos Portos fazer a fiscalização das embarcações. 

No ato da inscrição, o condutor preenche uma ficha de inscrição, assina um Termo de Compromisso, receber uma cópia da Portaria nº. 30/1, além da bandeira, que simboliza a inscrição no evento, e adesivo, este em caso de moto aquática (jet ski). A bandeira e o adesivo informam à fiscalização da Romaria Fluvial que a embarcação está inscrita para o evento. Para se inscrever, comandante da embarcação ainda tem que apresentar sua caderneta de inscrição e registro e o documento da embarcação.



Notícias relacionadas