Milícia mata taxista

Entre os passageiros do táxi que ele dirigia, um criminoso notório liberado da Seccional de São Brás.


Em 20 de abril, 2017 - 06h00 - Polícia

Da Redação

O taxista Manoel da Assunção Soares, 59 anos, foi assassinado com um tiro na nuca. O crime ocorreu em frente ao conjunto residencial Sol Nascente, no quilômetro 6 da avenida Augusto Montenegro. Ele trabalhava, na madrugada de ontem, e conduzia um grupo de quatro pessoas quando se iniciou a perseguição que resultaria na sua morte, após ser tomado como refém. Os assassinos usavam um Siena prateado e um HB20 branco. O alvo deles era uma das pessoas que estavam no táxi: Dailson Santos dos Santos, conhecido como “Daio”. Ele foi desfigurado a tiros. Outros dois passageiros do táxi também foram feridos.

Para ler a matéria completa, assine O Liberal Digital!