Mais Acessadas

Mercado e feira da Pedreira recebem fiscalização municipal

Equipes de ordenamento da Prefeitura Municipal fizeram vistorias e fiscalização ao longo da via pública e no mercado do bairro


Por: Redação ORM News com informações da Agência Belém Em 11 de abril, 2017 - 13h01 - Belém

Na manhã desta terça-feira (11), as equipes de ordenamento da Prefeitura Municipal fizeram vistorias e fiscalização ao longo da via pública e no mercado do bairro. O trabalho atingirá todos os espaços do tipo na capital. No trecho da avenida Pedro Miranda, que vai das travessas Humaitá e Lomas Valentinas, de ambos os lados, e no entrono do mercado, os agentes de ordem pública de vários órgãos municipais verificaram as irregularidades e deram orientações aos comerciantes da área.

Foto: Fernando Sette/Comus 

Agentes da Secretaria Municipal de Economia (Secon) dos departamentos de Mercados, Feiras e Postos (DFMP) e de Comércio e Publicidade em Vias Públicas (DCPV) observaram a regularidade dos ambulantes que ocupam o espaço público, advertiram os que estavam irregulares e deram orientações sobre o excesso de equipamentos usados, bem como alertaram sobre a exposição de material de publicidade e propaganda.

“Os ambulantes precisam pagar a taxa anual para uso do espaço público, que delimita a dimensão que podem utilizar. Nada pode estar além desse espaço, caso contrário advertimos e apreendemos”, explicou diretor de comércio e publicidade em vias públicas da Secon, Bruno Raiol.

Já a Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb) atuou com seus agentes de posturas que fiscalizaram a adequação ao Código de Posturas do Município, averiguando ocupações irregulares e obstruções das calçadas. Também atuaram na operação agentes Guarda Municipal (GMB) e da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob).  

A equipe recolheu entulho e detectou pontos que precisam de limpeza e desobstrução de bueiros e meio-fio. “Assim como nós cobramos a ordem dos feirantes e comerciantes, também estamos vendo o que a Prefeitura precisa realizar de serviços na área, porque o trabalho aqui tem que ter mão dupla”, afirmou a coordenadora da Ordem Pública, Elizete Cardoso.

Ainda segundo a coordenadora, na próxima terça-feira haverá uma reunião com os feirantes, os ambulantes e demais trabalhadores do local. Todo o material e equipamentos irregulares apreendidos durante a operação foram levados para o depósito da Secon.