Mais Acessadas

Manto da Virgem será conhecido nesta quinta-feira

Peça tem a assinatura da designer Aline Folha e da estilista Marilza Ramos


Por: O Liberal Em 05 de outubro, 2017 - 15h03 - Círio

O manto que vestirá a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré nos eventos oficiais e nas 12 romarias da 225º edição do Círio será conhecido hoje à noite. A cerimônia de apresentação ocorrerá logo após a missa das 18h, presidida por Dom Alberto Taveira, na Basílica Santuário. A apresentação da peça é sempre aguardada com ansiedade e emoção por milhares de pessoas que lotam o templo barnabita. Esta ansiedade é também compartilhada pelos responsáveis pela peça: a Diretoria da Festa de Nazaré, a designer Aline Folha e a estilista Marilza Ramos.

Para o casal coordenador do Círio 2017, Roberto e Daniela Souza, este foi um trabalho de uma equipe dedicada e a expectativa é positiva. “Este momento marca o fim de uma edição e o começo de um novo Círio. Esperamos que as pessoas gostem e entendam a mensagem que Nossa Senhora traz em seu manto. Que elas compreendam o verdadeiro significado e sejam tocadas por ele. Desejamos que não seja simplesmente um manto e sim mais uma forma de evangelizar as pessoas”, explica Daniela Souza.

O desenho da peça foi entregue ainda no primeiro semestre, pela designer Aline Folha. Baseada no tema deste ano e inspirada em sua proximidade com a Igreja e suas lembranças de infância, Aline conta que criou com muito mais tranquilidade este ano. “Para mim, o manto do ano passado foi mais terreno, mas o deste ano é uma oração. Eu diria que é mais celestial, digo pelo processo do desenho, por onde ele começa, por tudo que eu tentei representar. Este ano me senti muito mais tranquila e muito abençoada também”, revela.

 A estilista Marilza Ramos aguarda a apresentação ao público com muita expectativa e se considera agraciada pelo segundo ano consecutivo de trabalho. Ao confeccionar a peça, ela diz que sentia vivenciando a Igreja. “Eu me sinto honrada pelo segundo ano de convite e pelas pessoas com quem trabalhei nessa empreitada. Esta peça traz mais detalhes e, por isso, mais trabalho também, mas foi um trabalho muito feliz. Consegui executar uma técnica que pensei do ano passado, então me sinto realizada e com esse trabalho me sinto vivenciando mais ainda a Igreja”.

 Anônimo

O manto é uma doação anônima de um casal devoto de Nossa Senhora de Nazaré. Ao final da celebração, serão distribuídos folders com fotografias e informações sobre o manto.

 Entre as personalidades mais conhecidas pela confecção de mantos, está a irmã Alexandra, que pertencia à Congregação Filhas de Sant’Ana, do Colégio Gentil Bittencourt. Ela confeccionava os mantos anualmente, com material doado por promesseiros. Foi assim até sua morte, em 1973. Depois dela, a missão foi assumida pela ex-aluna da escola e sua ajudante na tarefa de bordar as peças, Esther Paes França, que chegou a confeccionar 19 mantos. A partir daí, vários católicos e estilistas de prestígio já receberam a tarefa de produzir o manto usado pela imagem peregrina nas procissões do Círio.