Mais Acessadas

Manifestantes interditam duas vias em Marituba

A ação é um protesto pela retirada de um lixão instaurado há dois anos na área


Por: Redação ORM News Em 01 de março, 2017 - 12h12 - Região Metropolitana

Cerca de 50 manifestantes estão, neste momento, interditando dois pontos de Marituba: o quilômetro quatro da Alça Viária e a entrada da Revita Engenharia Ltda, próximo ao aterro sanitário da mesma empresa.

O protesto é por parte de moradores de diversos bairros localizados ao entorno do lixão, que lutam pela retirada do aterro e alegam a decorrência de uma enorme quantidade de problemas de saúde ocasionados pelo odor proveniente do lixão.

“Os problemas são enormes. Problemas respiratórios, crianças e idosos com consequências do odor em toda a cidade, problema de pele, problema estomacal, diarreias constantes, principalmente das pessoas que tomam água ao entorno do lixão”, relatou Hélio Oliveira, um dos líderes do fórum permanente de discussão sobre o lixão de Marituba.

Hélio completou sua declaração ao afirmar que há prejuízos para o município até na questão econômica, pois muitos empreendedores desistem de investir no local por conta da situação ambiental.

“Tem empreendimentos aqui próximo que estão fechando por conta que as pessoas estão vindo aqui e como o odor é tão grande, não querem ficar mais. As pessoas estão tentando vender as suas residências porque não aguentam mais”, afirmou.

De acordo com o movimento, o protesto está sendo realizado de forma pacífica e tem o intuito de chamar atenção das autoridades para o grande problema da área. Eles ainda afirmam que a via está sendo liberada a cada dez minutos para que o tráfego possa fluir, não causando um engarrafamento prejudicial.

PRÓXIMO MANIFESTO:

A próxima ação de manifestação está marcada para o dia 22 de março e promete tomar dimensões ainda maiores. Os moradores planejam acampar, por tempo indeterminado, em frente ao portal da Revita, bloqueando a entrada de qualquer carro de lixo da Região Metropolitana de Belém.