Esporte

13 de fevereiro, 2014 - 18h30 - Futebol

Libertadores: Há 11 anos o Paysandu estreava no torneio

Papão venceu o Sporting Cristal (PER), fora de casa por 2 a 0


Por: Fábio Will, estagiário, sob supervisão de Felipe Saraiva (ORM News)

Dia 13 de fevereiro de 2003. Há exatos 11 anos, o Paysandu entrava para a história do futebol do Norte do Brasil, ao estrear na Taça Libertadores da América, maior competição de clubes do futebol sul-americano. 

A estreia do time ‘papa-chibé’ na competição foi em grande estilo. No estádio Nacional de Lima, no Peru, o único representante do Norte na competição em todas as edições venceu o Sporting Cristal (PER) pelo placar de 2 a 0, com gols do atacante Robgol e Sandro Goiano. Aliás, aquele time contava com Iarley, Lecheva, Vélber e Vânderson, jogadores que marcaram época no esquadrão bicolor, ao comando do uruguaio Darío Pereyra. 

Foto: Divulgação

Naquela Taça Libertadores o Paysandu fez jus à alcunha de ‘Bicho Papão’, pois terminou na liderança do grupo 2, com 14 pontos em seis jogos disputados (quatro vitórias e dois empates). O Paysandu só foi parado pelo Boca Juniors (ARG), nas oitavas de finais da competição. 

Time base do Paysandu na Libertadores 2003: Ronaldo; Rodrigo, Tinho, Jorginho, e Luis Fernando; Lecheva, Vanderson, Sandro e Vélber, Iarlei e Robgol. Técnico: Darío Pereyra

Na Libertadores de 20013, o Paysandu conseguiu cinco vitórias, dois empates e e sofreu apenas uma derrota. Marcou 17 gols e sofreu apenas nove. 

Veja a campanha do Paysandu na Libertadores 2003

13/02/2003 - Sporting Cristal 0 X 2 Paysandu

06/03/2003 -  Paysandu 0 X 0 Cerro Porteño

11/03/2003 - Paysandu 3 X 1 Universidad Católica

18/03/2003 - Paysandu 2 X 1 Sporting Cristal

27/03/2003 - Cerro Porteño 2 X 6 Paysandu

15/04/2003 - Universidad Católica 1 X 1 Paysandu

24/04/2003-  Boca Juniors 0 x 1 Paysandu

15/05/2003- Paysandu 2 x 4 Boca Juniors


Anuncie Assinante Fale Conosco Expediente Cadastre-se