Mais Acessadas

Leão Azul encara o Galo nesta quarta-feira no Navegantão

Pelo jogo de ida das semifinais, Remo terá uma partida das mais difíceis


Por: O Liberal Em 12 de abril, 2017 - 07h07 - Parazão

Edgar estará de volta ao ataque do Remo e é esperança de gols. Foto: Akira Onuma.

Para garantir vantagem no jogo de volta em Belém, dia 23, o Remo precisa obter um bom resultado hoje (12) à noite diante do Independente, no Navegantão, em Tucurui, a partir das 20h30. É o primeiro jogo da semifinal entre Galo x Leão que neste ano se enfrentaram em jogo amistoso realizado no mês de janeiro, no Souza, e os azulinos foram os vencedores por 5 a 3, com destaque para Edgar, do Remo, que marcou  três gols e Monga, do Independente, assinalou dois.

Ambos estão no duelo de hoje à noite no Navegantão que pode receber o melhor público da temporada. Há, inclusive, promoção para o torcedor comparecer ao estádio. Remo e Independente são rivais desde  2010, quando começaram a duelar em jogos oficiais.. A vantagem nos confrontos é do Leão, porém, há dois anos que o Remo não vence em Tucuruí. O Galo também defende a invencibilidade de cinco jogos em casa. São três vitórias - Paysandu, Paragominas e Pinheirense e dois empates - Cametá e São Raimundo. O Remo está há dez 10 jogos sem perder no Campeonato. 

Enquanto o Independente está completo e com o técnico Léo Goiano sem mistério na escalação da equipe para o duelo, o Remo tem vários problemas e o treinador Josué Teixeira outra vez não vai poder contar com os principais jogadores azulinos. Mesmo diante da situação, Josué não faz nenhuma improvisação como aconteceu no jogo passado. Ontem à tarde, aconteceu um leve treino e Josué definiu o time remista com Edgar no ataque e Igor João na zaga. Os dois estiveram ausentes em Paragominas. 

Na casa do adversário e, possivelmente, diante de um gramado pesado, o treinador azulino formou um time forte com três volantes de contenção para ‘abafar’ as jogadas do Galo, que possui um meio-campo veloz, comandado por Wellington Cabeça e Magno e Chicão.