Mais Acessadas

Jornalista que sobreviveu à tragédia vai para o quarto

Rafael Henzel deixa unidade semi-intensiva e se aproxima de retorno para o Brasil


Por: G1 Em 10 de dezembro, 2016 - 14h02 - Brasil

Reprodução Facebook

O jornalista Rafael Henzel, um dos seis sobreviventes da tragédia do voo da Chapecoense, deixou a unidade semi-intensiva e foi transferido para um quarto no Hospital San Vicente, em Medellín. Segundo os médicos, Henzel pode retornar nos próximos dias para o Brasil. O jornalista comemorou a recuperação em suas redes sociais.

De acordo com o último boletim médico, divulgado na sexta-feira, Henzel ainda tem algumas lesões no pé em decorrência do acidente, mas que podem ser tratadas em Chapecó. Os médicos vão planejar a logística para que ele viaje com máxima segurança ao Brasil.

Outro que deve retornar ao país nos próximos dias é o lateral-esquerdo Alan Ruschel, que já deita de bruços e de lado na cama e chegou a caminhar pelo hospital nos últimos dias. A ideia dos médicos é que Ruschel e Henzel viajem juntos quando for autorizado o retorno ao Brasil - uma transferência unitária, no entendimento do hospital, apresenta menos riscos.

Já o goleiro Jackson Follman e o zagueiro Neto, os outros dois sobreviventes brasileiros da tragédia na Colômbia, apresentavam quadros estáveis na última sexta. Follman, que teve de aumentar a amputação na perna direita em 2,5 centímetros, não apresenta focos de infecção. Os médicos ainda monitoram a fratura na segunda vértebra cervical de Follman.

Ainda não há previsão de retorno ao Brasil, apenas a sinalização de que o goleiro será transferido para o Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, para dar sequência aos cuidados médicos.

O zagueiro Neto também segue internado, mas já consegue se comunicar em diálogos rápidos. Ele tem uma fratura na vértebra lombar, mas a situação está controlada, segundo os médicos, e seguirá em observação pelas próximas 48 horas.