Mais Acessadas

Iraque anuncia libertação total da cidade de Falujjah do EI

Ao menos 1,8 mil militantes morreram no processo de reconquista


Por: O Globo Em 26 de junho, 2016 - 09h09 - Mundo

Soldado iraquiano exibe bandeira sobre tanque em Fallujah, após comandantes do Exército anunciaram retomada total da cidade - AP Video /

Bagdá- As forças iraquianas libertaram completamente neste domingo a cidade de Fallujah, que fica 50 km ao oeste de Bagdá, que estava sob poder do grupo Estado Islâmico (EI) desde janeiro de 2014. O primeiro-ministro Haider al-Abadi declarou à televisão estatal a vitória sobre o EI na região há mais de um semana, mas o combate na cidade permanceu ativo, incluindo o distrito de Golan.

"Hoje, o comandante das operações em Fallujah, general Abdelwahab al-Saadi, anuncia que a cidade foi libertada depois que as forças de elite antiterroristas assumiram o controle do bairro Al-Jolan", afirmou o porta-voz militar Sabah al-Noman. "Al-Jolan, que era o último bastião de Daesh (acrônimo em árabe do grupo Estado Islâmico) na cidade, está agora protegida deste grupo terrorista", disse o porta-voz.

As forças iraquianas iniciaram em 23 de maio uma ofensiva para reconquistar Fallujah. Ao menos 1,8 mil militantes foram mortos nas operações para reconquistar Fallujah.

"Bastaram duas horas para as CTS (forças antiterroristas) assumirem o controle do bairro e o Daesh não deu nenhum tiro, o que demonstra que estava "derrotado antes mesmo da entrada das tropas", completou o porta-voz.

Um porta-voz do comando conjunto de coordenação das operações contra o EI no Iraque declarou que "ainda existem focos de resistência do EI ao noroeste de Fallujah".

Dezenas de milhares de habitantes da cidade fugiram desde o início da ofensiva. A grande quantidade de explosivos colocados na cidade pelos extremistas complicará o retorno dos moradores.