Mais Acessadas

Imagem Peregrina é recebida com honras de chefe de Estado

Romaria Fluvial reuniu 500 embarcações e foi até a Escadinha. Moto Romaria começa em seguida


Por: Redação ORM News Em 08 de outubro, 2016 - 09h09 - Círio

Atualizada às 10h57

Foto: Reprodução/ TV NazaréDepois de uma missa celebrada em Icoaraci, com a presença do Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré seguiu pelas águas da Baía do Guajará durante a Romaria Fluvial neste sábado (8).  A procissão durou pouco mais  de duas horas.

A romaria foi a terceira procissão oficial do Círio de Nazaré e percorreu 18,500 km (cerca de 10 milhas náuticas) a escadinha da Estação do Cais do Porto, em Belém. Segundo a Diretoria da Festa de Nazaré, pelo menos 50 mil pessoas participaram das homenagens pelas águas.

Já na Escadinha do Cais do Porto, em Belém, a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré será recebida com honras de Chefe de Estado pela Polícia Militar. Milhares de fiéis estão esperando a Imagem Peregrina na Estação das Docas e no Ver-o-Peso. A tradição ocorre desde 1999, em função da Lei Estadual nº 4.371, de 15 de dezembro de 1971, que proclamou a Virgem de Nazaré, Padroeira do Pará, e merecedora dessa grande homenagem. Após essa celebração começa a Moto Romaria, que segue até o colégio Gentil Bittencourt.

No navio Garnier Sampaio, o Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, destacou os 30 anos da Romaria Fluvial, que começou em 1986 . 'As datas não são consideradas uma coincidência, mas são o carinho de Deus que fazem as coisas mais felizes. Pelo calendário da igreja, dias 8 e 9 de outubro comemoramos o jubileu mariano neste ano que para nós é um motivo de alegria. Um feliz círio a todos', destacou.

Ainda no trapiche de Icoaraci, a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré recebeu novas homenagens e foi embarcada por Dom Alberto Taveira no navio Garnier Sampaio, da Marinha do Brasil. Cerca de 500 embarcações foram autorizadas a participar do cortejo pelas águas da baía, todas autorizadas pela Marinha do Brasil.

Veja imagens da Romaria Fluvial:

Romaria Rodoviária 

O início da Romaria Rodoviária foi marcado por uma vigília ainda na noite da sexta-feira (7) na Igreja Matriz de Nossa Senhora das Graças, em  Ananindeua. Já na manhã deste sábado (8), após uma missa realizada no local, a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré seguiu pela BR-316, passou pelo Entroncamento e chegou à avenida Augusto Montenegro, dando continuidado ao traslado até o Trapiche de Icoaraci, percorrendo cerca de 24 quilômetros de procissão. 

A Imagem Peregrina passou pela rodovia BR-316 e seguiu pela avenida Augusto Montenegro, recebendo várias homenagens ao londo do percurso em mais de três horas de procissão. Enquanto a Romaria seguia para Icoaraci, uma missa preparatória para o Círio Fluvial era celebrada no Trapiche.

Veja imagens da Romaria Rodoviária: 

'Que nossa Senhora de Nazaré abençoe todos os fiéis e abençoe Belém do Pará. Estou aqui pedindo pelas famílias paraenses e pelo Brasil, que está passando por umaa situação difíficil', explicou a aposentada Deolinda Barbosa , enquanto esperava a passagem da Imagem na avenida Augusto Montenegro.  

Dom Alberto Taveira.Foto: Victor Furtado/ O Liberal

Já em Icoaraci, milhares de fiéis acompanharam a missa enquanto aguardavam a chegada da Imagem Peregrina. No local o Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, abençoou os devotos e destacou a devoção à Nossa Senhora. Tradicionalmente a missa em Icoaraci era celebrada pelo Arcebispo Emérito de Belém, Dom Vincente Zico, que morreu em maio do ano passado. Em homenagem ao religioso, foi colocada uma imagem do rosto dele no botão que prende o manto da Imagem Peregrina.