Ilmar diz que pretende conversar com Marcos fora da casa

Ex-participante diz que se arrepende de não ter conversado com Rômulo antes da eliminação do diplomata


Por: GShow Em 05 de abril, 2017 - 07h07 - Big Brother

Eliminado no décimo Paredão contra Marcos, seu maior aliado por boa parte do tempo em que ficou na casa, Ilmar participa do Bate-Papo BBB com Paulinho Serra. O ex-brother, que saiu com 55,92% dos votos, comenta os principais acontecimentos do período em que esteve no reality, inclusive o fim do trio #Mallymar, como era conhecida, nas redes sociais, a aliança entre ele, o cirurgião e Emilly.

Amizade com Marcos?

O advogado assiste a um clipe com alguns de seus momentos dentro da competição, inclusive cenas-chave de sua participação. Questionado a respeito do que houve com sua amizade com Marcos, Ilmar afirma que pretende conversar com o cirurgião fora da casa: "Eu que tenho que perdoá-lo. Quando o pai e a irmã chamarem ele na 'chincha', ele vai ter o peso do remorso, e é pesado". "Vou esperar me procurar", garante.

Sobre as brigas com o ex-aliado, Ilmar justificou o motivo de não ter reagido às ofensas de Marcos: "Às vezes o silêncio é a melhor coisa que tem. O Marcos está transtornado lá dentro. Eu estava extremamente lúcido, sabia tudo o que eu estava fazendo".

(Foto: Gshow)

Emoção com o filho

Ao ver um vídeo em que conversava no Big Fone com o filho, Igor, o ex-participante se emociona. Em seguida, o ex-BBB vê uma mensagem do seu filho nas redes sociais e chora. "Que massa! O que é a razão para a gente que tem filho?", comenta. Minutos antes, Ilmar deixou claro que gostaria seu filho tivesse orgulho dele.

Rompimento do trio #Mallymar

O ex-brother lembra junto a Paulinho Serra o momento em que parou de falar com Emilly e o motivo por trás disso. "Uma sequência de coisas. A fala das pessoas simboliza o que elas são, quando ela fala que o Marcos está sendo gentil com a Elettra porque quer ganhar um carro, acende o sinal de alerta", conta. O sul-mato-grossense segue relembrando outras razões para ter se afastado da gaúcha e, em consequência, de Marcos. "O limite foi o momento do prato. Não sou empregado dela", diz.

Casal Mally

Sobre o relacionamento entre Marcos e Emilly, o brother foi perguntado se acreditava que haveria possibilidade de continuidade entre eles dois. "Ela envenena muito a cabeça dele. Não acredito que vá durar aqui fora. Eu sei que amor não é. Sei que eles se gostam lá dentro e é útil para os dois estarem juntos. Eu tinha uma amizade, um carinho muito grande por ele. Acredito que vai se arrepender muito. Pelo carinho que a família dele me tratou", garante.

Relação com Emilly

"Eu era psicólogo dos dois. Uma vez eu disse para o Marcos que meu carinho é muito caro e dava para poucas pessoas. Ela não soube aproveitar. O não limpar o prato pode ser besta para alguns, mas para mim não é", opina. O ex-BBB também diz que não se importa com o que ouviu da gaúcha: "Eu só posso me ofender com aquilo que eu sou e eu não sou isso".

"Ela acha que todo mundo tem que servir à ela. Eu fui lá e estendi a mão, e não me arrependo. Faria de novo", garante. Sobre reatar a amizade com Emilly, o brother é direto: "A partir do momento que ela não me pede desculpa, eu nem olho para ela. A desculpa só é verdadeira, quando vem do coração. Para o Marcos o mais importante era o jogo".

Arrependimento

Ilmar admite no Bate-Papo BBB que seu único arrependimento no reality é não ter conversado com Rômulo antes de o diplomata ser eliminado.  

Jogo dentro da casa

O sul-mato-grossense diz que já se sente um vitorioso, pois imaginava que duraria pouco tempo no reality. "Eu não estava ali para julgar, estava ali para jogar. Uma coisa que eu queria fazer era maximizar minhas ideias", conclui.