Mais Acessadas

Homem é morto em residencial no bairro da Cabanagem

Vítima assistia a uma partida de futebol com os vizinhos quando foi assassinado com vários tiros


Por: Redação ORM News com informações de O Liberal Em 31 de março, 2017 - 22h10 - Polícia

José Alcides Bento de Lima, 35 anos, foi morto dentro do Residencial Augusto Montenegro III, no bairro da Cabanagem, em Belém. A vítima estava sentada, próximo a um bar, e acompanhava a transmissão de uma partida de futebol, quando o assassino se aproximou e efetuou vários disparos de arma de fogo. Os vizinhos ainda tentaram socorrê-lo, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu dentro do veículo que o levava ao hospital.

Foto: Elivaldo Pamplona

No local, a vida de José é desconhecida pelos vizinhos. Ele era conhecido no condomínio por "Ceará", por ser natural daquele Estado. Era comunicativo, ao mesmo tempo, que mantinha detalhes de sua vida em segredo. Não havia parentes e ninguém sabia a quem chamar para informar que ele estava morto.

Na noite de hoje (31), próximo às 20h, a vítima saiu de um salão de beleza e sentou-se próximo a um bar, onde vários moradores do residencial acompanhavam o jogo do Paysandu contra o Águia de Marabá. Uma testemunha conta que viu um homem caminhando na direção do estabelecimento comercial, mas se distraiu com a partida. "Ele cortou o cabelo e sentou aí. Prestei atenção na televisão, porque parecia que poderia sair um gol, quando eu já ouvi o barulho. Meu filho estava sentado pertinho dele, só fiz pegar a criança e entrar. Assim como outras pessoas. Tinha um veículo prata que parou distante. O homem desceu desse carro e veio andando.  Isso eu vi, pois quando chegou pertinho do Ceará, deu o primeiro tiro no peito. Depois que ele caiu no chão atirou mais ainda. Em seguida, o carro que estava distante, acelerou e pegou o atirador aqui na frente", explica a testemunha, que prefere não se identificar.

O atirador fugiu em seguida. O aspirante a oficial Ribeiro, do 24º Batalhão da Polícia Militar (BPM), explica que a guarnição não conseguiu encontrar informações sobre familiares do homem. Além disso, no local os vizinhos dele não sabiam também muito sobre a vítima.

O soldado Lima Lopes explica que os moradores do residencial tentaram socorrer o vizinho. Acionaram uma ambulância e, em seguida, um dos moradores de prontificou a levar a vítima em seu carro até o hospital mais próximo. Entretanto, antes de sair do condomínio a equipe de resgate do Corpo de Bombeiros chegou e constatou o óbito da vítima.

O "Ceará" como era conhecido José Alcides estava há dois meses morando no residencial localizado no bairro da Cabanagem. "Ele vivia mudando de carro. Sempre aparecia com um novo. Dizia que trabalhava com compra e venda de carros. Ele tinha uma namorada também que aparecia aqui. O que sei é que ele veio da cidade de Maranguape, no Ceará", explica um vizinho.