Hipertensão arterial tira Josué de campo

Técnico azulino teve pressão elevada a 15 x 10, vomitou e teve de ser levado a Hospital. Auxiliar comandou o Leão.


Por: Da Redação Em 20 de março, 2017 - 06h00 - Esporte

O Remo, no primeiro tempo, teve o comando do técnico Josué Teixeira. Já no segundo, foi dirigido pelo auxiliar, Márcio Roberto devido ao pico de hipertensão arterial do técnico Josué Teixeira, que chegou a 15 x 10 no intervalo de jogo. Além da alta pressão, o técnico azulino teve vômitos. De acordo com o médico Ricardo Ribeiro, o primeiro a prestar atendimento ao técnico “o Josué,  na preleção, do primeiro tempo, começou a suar e passar mal devido à crise de hipertensão. Fizemos a medicação. Ele melhorou, mas teve a parte do vômito, que nos levou a fazer outra medicação. Estabilizamos a situação, mas ele ficou sob observação da equipe médica da Unimed. Fez toda a avaliação”, comentou. Mesmo recebendo boa atenção, Josué foi levado ao hospital da Marinha (Base Naval) para uma avaliação médica mais completa, sobretudo cardiológica. 

Para ler a matéria completa, assine O Liberal Digital!