Mais Acessadas

Governo anuncia interdição de mais dois frigoríficos

Com decisão, cinco frigoríficos alvos da Operação Carne Fraca já foram interditados. Unidades ficam no Paraná e terão de recolher mercadorias.


Por: O GLOBO Em 27 de março, 2017 - 12h12 - Economia

O Ministério da Agricultura informou nesta segunda-feira (27) que mais dois frigoríficos alvos da Operação Carne Fraca foram interditados: Souza Ramos, em Colombo, e Transmeat, em Balsa Nova (os dois estão instalados no estado do Paraná).

No caso do Souza Ramos, a unidade está interditada desde o último dia 21, mas o ministério diz que só foi informado na sexta (24) e, por isso, somente anunciou a interdição nesta segunda.

Segundo o governo federal, a decisão de interditar os frigoríficos foi tomada após fiscais auditarem essas unidades. O ministério não chegou a especificar os motivos, somente informou que foram encontrados indícios de falhas.

Procurado, Edinandes Alexandre Santos, da assessoria jurídica dos dois frigoríficos, informou que o Souza Ramos está interditado desde o último dia 21. Além disso, o Transmeat, de acordo com ele, está funcionando normalmente nesta segunda e não recebeu notificação do ministério (leia nota ao final desta reportagem).

No último dia 17, quando a Carne Fraca foi deflagrada pela Polícia Federal, três frigoríficos já haviam sido interditados: um da BRF, em Mineiros (GO), e dois da Peccin Agro Industrial, sendo um em Curitiba (PR) e outro em Jaraguá do Sul (SC).

Segundo as investigações da PF, fiscais do Ministério da Agricultura se envolveram em um esquema de liberação de licenças para frigoríficos sem a devida fiscalização, em troca de propina.