Mais Acessadas

Goleiro da Chapecoense deixa Colômbia para voltar ao Brasil

Jackson Follmann voa para o Brasil em uma aeronave médica; mais dois feridos serão enviados de volta ao país na terça-feira


Por: G1 Em 12 de dezembro, 2016 - 16h04 - Mundo

O goleiro da Chapecoense Jackson Follmann, que sobreviveu à queda do avião com a delegação de seu time perto de Medellin, saiu do hospital onde está internado na Colômbia nesta segunda-feira (12) e está no avião-ambulância voando em direção ao Brasil. O Hospital San Vicente Fundación de Rionegro, que cuida dele e dos outros feridos brasileiros, divulgou um vídeo de sua transferência para o veículo que o levou à aeronave.

Foto: Reprodução (Globonews)

Ele vem ao país na aeronave médica de uma seguradora de saúde brasileira. Segundo informações do repórter da TV Globo José Roberto Burnier, o avião vai primeiro para Manaus, onde deve aterrissar às 20h. Duas horas depois, levanta voo em direção a São Paulo, onde deve chegar à 1h da manhã pelo aeroporto de Congonhas.

Follmann, de 24 anos, teve parte da perna direita amputada e apresentou boa recuperação. Também sobreviventes do acidente aéreo, o lateral Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel virão para o Brasil na terça (13), segundo a FAB (Força Aérea Brasileira).

Uma aeronave VC-99 Legacy com duas UTIs móveis e o acompanhamento de médicos da Chapecoense e da FAB decola nesta madrugada de Brasília com destino a Medellin. Ainda na manhã de terça, o avião virá para o Brasil, e a previsão é que chegue a Chapecó (SC) por volta das 21h.

Já o jogador Neto não tem previsão de alta, segundo o hospital onde ele está internado, o mesmo do goleiro Follmann.