Mais Acessadas

Fórum e EBC querem qualificar servidores de comunicação

Os paraenses e os brasileiros vão começar a ver com mais frequência a Amazônia na tela da TV Brasil e nas matérias da Agência Brasil.


Por: Redação ORM News com informações da agência Pará Em 04 de fevereiro, 2017 - 14h02 - Amazônia

Foto: Secom

Representantes do Fórum Permanente de Comunicação Pública Governamental da Amazônia, grupo que inclui as Secretarias de Comunicação da Amazônia Legal, se reuniram na manhã desta sexta-feira (3) com a diretoria da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), na sede da instituição, em Brasília (DF). Em pauta, a discussão de uma maior integração da comunicação da Amazônia e maior visibilidade dos materiais produzidos pelas Secretarias nos veículos de informação da EBC - TV Brasil e Agência Brasil.

Durante reunião, o grupo discutiu as possibilidades de integração de conteúdo, e decidiu que será elaborado um termo de cooperação técnica, via Fórum, que garanta essa aproximação entre os estados e a EBC. O objetivo é promover a qualificação técnica dos servidores da área de comunicação nos mais diversos setores, como jornalismo, publicidade e produção audiovisual, além de trocar conteúdo, especialmente jornalístico, para Agência Brasil, TV Brasil e Rádio Nacional.

“Essa cooperação técnica vai qualificar as nossas equipes de comunicação, mostrando o padrão da Agência Brasil, para que elas possam produzir e enviar material para a rede nacional. Isso é um exemplo de como ter um produto reconhecido pela sua qualidade, pois você passa a ser referência para outros grupos, para outros veículos, da produção de comunicação feita nos Estados da Amazônia”, destacou o secretário de Comunicação do Pará, Daniel Nardin.

Visibilidade - O Fórum Permanente de Comunicação Pública Governamental da Amazônia foi criado durante o 13º Fórum de Governadores da Amazônia Legal, realizado nos dias 26 e 27 de janeiro deste ano, em Macapá (AP). A partir desse encontro, o grupo vem articulando uma série de ações integradas para melhorar e dar mais visibilidade às ações realizadas na Amazônia. A proximidade com os veículos da EBC é mais um passo para alcançar esses objetivos.

“Temos muitas coisas que podem ser mostradas para o País e, para o mundo, pelos veículos da EBC. Isso envolve não só o turismo, mas também o esforço que os estados vêm fazendo para garantir o desenvolvimento sustentável. E, fora essa questão, temos matérias jornalísticas e produção de conteúdo que mostram um pouco mais da cultura, das tradições, da gastronomia, da geografia, enfim, um pouco mais a Amazônia para os brasileiros, para que conheçam melhor esse território que ocupa 60% do nosso País, mas que ainda é permeado de mitos”, reiterou Daniel Nardin.

A proposta de cooperação técnica discutida pelo grupo foi bem recebida pelos diretores da Empresa de Comunicação. “A reunião foi extremamente produtiva e, certamente, mais para frente, a gente vai ter a finalização dessa cooperação técnica. Com isso, os paraenses e os brasileiros vão começar a ver com mais frequência a Amazônia na tela da TV Brasil e nas matérias da Agência Brasil. Todo esforço é válido para que os brasileiros conheçam essa área fantástica, e que, consequentemente, irá ajudar a derrubar muitos mitos”, ressaltou o secretário de Comunicação do Pará.

Também participaram do encontro o diretor de Jornalismo da EBC, Lourival Macêdo; o superintendente da TV Brasil, Caique Novis; o gerente executivo de Rede da EBC, Fernando Luz; os secretários de Comunicação do Acre, Andréa Zílio, e de Roraima, Gustavo Abreu; o secretário de Assuntos Estratégicos do Mato Grosso, Jean Campos; o coordenador do Núcleo de Rádio e TV da Secom/Pará, Antenor Filho, e o diretor Administrativo da Secretaria, Valdemir Chaves.