Mais Acessadas

Fifa determina que a Copa de 2026 não poderá ser na Europa

Decisão faz crescer a possibilidade de os EUA organizarem o Mundial


Por: O Globo Em 14 de outubro, 2016 - 14h02 - Futebol

A Fifa determinou nesta sexta-feira que a Europa não poderá organizar o Mundial de 2026. Com a decisão, cresce a possibilidade de o Mundial voltar para a América do Norte até com uma candidatura tripla entre Estados Unidos, Canadá e México.

De acordo com a Fifa, a Europa só será uma alternativa “se nenhuma das candidaturas recebidas cumprirem com os restritos requisitos técnicos e financeiros”.

De acordo com Sunil Gulati, presidente da federação dos Estados Unidos e membro da Fifa, a decisão “muda o panorama” para 2026.

- Vamos analisar. Temos uma ótima relação com o Canadá e o México. Tambem temos um país com 320 milhões de pessoas que receberam a Copa do Mundo com estádios incríveis e excelente infraestrutura - disse Gulati.

Mas uma eventual candidatura americana só será decidida depois que o país conhecer todas as regras e o tamanho do torneio.

Em 1994, os Estados Unidos sediaram pela primeira vez o Mundial. O país tentou ser sede novamente para a Copa de 2022, mas perdeu a disputa para o Qatar. Em 2018, a Copa será na Rússia. Já o Mexico sediou os Mundiais de 1970 e 1986.

- Estas discussões vão acontecer na nossa confederação. Temos três candidaturas fortes que podem se sustentar por elas mesmas. Vamos ver o que o futuro nos reserva - disse o presidente da Concacaf, Victor Montagliani.

Uma eventual candidatura de três países em uma Copa do Mundo que pode crescer com seu número de participantes de 40 a 48 seleções é bem vista pela Fifa. Essa decisão sobre o aumento no número de participantes acontecerá no dia 9 de janeiro.