Mais Acessadas

EI diz 'soldado do califado' cometeu atentado em Berlim

Grupo extremista divulgou informação por meio de sua agência de notícias


Por: G1 Em 20 de dezembro, 2016 - 16h04 - Mundo

O grupo extremista Estado Islâmico afirmou, por meio de sua agência "Amaq news" que o autor de ataque a uma feira natalina em Berlim é um "soldado do califado", informa o grupo SITE Intel Group, que monitora grupos jihadistas pela internet.

"Um soldado do Estado Islâmico cometeu a opração em Berlim em resposta aos chamados para atacar aos cidadãos dos países da coalizão internacional", diz a agência.

Nesta segunda, um caminhão invadiu uma feira natalina na praça Breitscheid em Berlim, deixando 12 mortos e dezenas de feridos. O ataque aconteceu por volta das 20h locais (17h, no horário de Brasília), quando muitos turistas e moradores faziam compras em uma movimentada feira de Natal de Berlim.

Um suspeito de ser o motorista do caminhão chegou a ser preso, mas foi liberado nesta terça pouco antes do comunicado do Estado Islâmico, por falta de provas. Um polonês foi encontrado morto no caminhão com sinais de golpes. A transportadora para qual ele trabalhava disse que ele era contratado como condutor, mas que não tinha razões para promover o ataque.

A polícia suspeita que o veículo foi roubado na Polônia. A pessoa que conduziu o caminhão no momento do ataque segue foragida.

Pouco depois que o suspeito foi liberado, o ministro alemão do Interior Thomas de Maiziere disse que não há dúvidas de que se trata de um ataque, mas que os motivos ainda não estão claros. Ele também disse que ainda não se sabe se há estrangeiros entre as vítimas, mas nenhuma criança morreu no ataque.