Mais Acessadas

Doxa e Ibope apontam a vitória de Zenaldo em Belém

Doxa e Ibope preveem a reeleição do atual prefeito de Belém na disputa com Edmilson


Por: O Liberal Em 30 de outubro, 2016 - 10h10 - Eleições

O candidato Zenaldo Coutinho (PSDB) aparece na frente do candidato Edmilson Rodrigues (PSOL) nas últimas rodadas das pesquisas Doxa e Ibope para a Prefeitura de Belém. Na primeira, a diferença do prefeito tucano para o candidato psolista chega a 8,4 pontos percentuais. Zenaldo aparece com 54,2% dos votos válidos (quando são excluídos os votos brancos, nulos e indecisos) e Edmilson com 45,8%. Já no levantamento do Ibope, Zenaldo surge com 51% e Edmilson com 49% dos votos válidos. Apesar da vantagem do atual prefeito, o resultado indica empate técnico, uma vez que a margem de erro desse levantamento é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

Essa é a terceira rodada da Doxa pesquisa. No levantamento divulgado pelo O LIBERAL em 16 de outubro, Zenaldo tinha 51,5% dos votos válidos; alcançou 56,3% no último dia 23; e agora aparece com 54,2%. Edmilson alcançou nas respectivas pesquisas: 48,5%, 43,8% e 45,8%. O Ibope, por sua vez, realizou duas rodadas de entrevistas encomendadas pela TV Liberal, sendo que na primeira pesquisa, em 15 de outubro, o resultado era inverso do atual, com Edmilson na liderança com 52%, seguido por Zenaldo, com 48%.  

Na pesquisa estimulada feita pela Doxa, que considera todas as respostas, Zenaldo aponta 46,8% das intenções de voto (ante 45,8% do levantamento anterior e 44,3% da primeira pesquisa) e Edmilson com 39,6% das menções (era 41,4% e 35,6%, respectivamente). Brancos e nulos passaram de 6,6% dos eleitores na primeira pesquisa, para 10,8% na segunda, e para 9,8% na rodada atual. Os que não souberam responder oscilaram de 7,7% para 7,8% nas duas últimas pesquisas, e agora é de 3,8%. No Ibope, Zenaldo aumentou de 43% para 44%, enquanto Edmilson caiu de 46% para 43%. Brancos ou nulos alcançaram 10% (eram 9%) e a margem dos que não sabem ou preferem não opinar registrou 3% (era 2%).

A pesquisa Doxa questionou novamente os entrevistados sobre quem eles acreditam que será eleito prefeito de Belém, independentemente da sua intenção de voto. A expectativa de vitória em torno do nome de Zenaldo Coutinho chegou a 55,8% - foi 49,6% no primeiro levantamento e 51,6% no segundo -, enquanto as citações ao candidato do PSOL manteve o mesmo percentual da pesquisa da semana passada, 33,7% - era de 38,6% na primeira pesquisa. Outros 10,5% não souberam ou não quiseram responder (era 14,7% na pesquisa da semana anterior e 11,8% na primeira rodada). Pelo Ibope, Zenaldo será reeleito prefeito de Belém para 54% (era 50%) e Edmilson é o favorito para 37% (era 41%). O percentual dos que não souberam responder se manteve em 9%. 

Ainda pelo levantamento Doxa, o candidato Edmilson tem atualmente 40,9% de rejeição dos eleitores belenenses - era 35% em 16 de outubro e 41,4% no dia 23. Já o candidato tucano registrou 33,6% de eleitores que responderam não votar nele de jeito nenhum. Era 38,5% na primeira rodada de pesquisa e 29,3% na segunda. O Ibope não mediu a impopularidade dos candidatos, porém foi a única pesquisa que trouxe as avaliações dos eleitores em relação às atuais gestões municipal, estadual e federal. Para a maioria, a administração de Zenaldo Coutinho frente à Prefeitura de Belém é regular (46%); outros 31% consideram ruim/péssima; e 20% ótima/boa. Em âmbito estadual, Simão Jatene teve avaliação regular de 41%; ruim/péssima de 32%; e ótima/boa de 24%. Já os primeiros meses do governo Michel Temer teve a maior parte das repostas para ruim/péssima (42%), seguido por regular (39%) e ótima/boa (9%). Outros 10% preferiram não responder.

 A Doxa Pesquisa realizou 1.110 entrevistas durante os dias 26 e 28 de outubro. O levantamento foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) sob o protocolo PA-03386/2016. A margem de erro é de 3,0 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de Segurança é de 95%; o que quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral. O Ibope ouviu 602 eleitores nos mesmos dias. A margem de erro é de quatro pontos, também com nível de confiança de 95%. O registro eleitoral no TRE-PA é PA-08366/2016.