Mais Acessadas

Dilma Rousseff decidiu não votar no 2º turno em Porto Alegre

No primeiro turno, ao chegar ao colégio eleitoral, houve uma confusão entre apoiadores e manifestantes contrários


Por: O Globo Em 30 de outubro, 2016 - 13h01 - Eleições

A ex-presidente Dilma Rousseff decidiu não votar no segundo turno da eleição para prefeitura de Porto Alegre. No primeiro turno, ao chegar ao colégio eleitoral, houve uma confusão entre apoiadores e manifestantes contrários. Líder nas pesquisas de intenção de votos, o candidato do PSDB a prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, votou por volta das 11h30 num colégio da capital e disse que a disputa na capital gaúcha foi tensa, mas não ideológica ou partidária. O PSDB pode comandar a cidade pela primeira vez.

O adversário é o candidato do PMDB a prefeito, Sebastião Melo, que votou num colégio da Zona Sul e disse que a eleição "está em aberto".

O ex-presidente Lula também optou por não votar em São Bernardo do Campo. A justificativa apresentada é que Lula tem mais de 70 anos, e portanto não é obrigado a votar. O PT ficou de fora da disputa na cidade considerada o berço político do ex-presidente.