Mais Acessadas

Custo e preços all-in incrementam lucro da Hydro Alunorte

Números foram divulgados pela empresa nesta quarta-feira (22)


Por: Redação ORM News Em 22 de outubro, 2014 - 18h06 - Negócios

O lucro da Norsk Hydro ASA aumentou para R$ 559 milhões no terceiro trimestre do ano em relação aos R$ 204 milhões do segundo trimestre. Os resultados são uma consequência da redução de custos na refinaria de alumina Hydro Alunorte, preços all-in mais altos e melhores preços para a alumina. 

"Os preços do metal all-in continuaram a crescer neste trimestre, refletindo o mercado mais acirrado que vimos no trimestre passado e a continuação do equilíbrio de déficit no mercado”, avaliou o presidente executivo da Hydro, Svein Richard Brandtzæg. “A demanda de alumínio é crescente e vemos agora que o crescimento da demanda está entre três e quatro por cento no mundo, fora a China, para 2014, ajudada com a substituição que vem acontecendo no mercado automotivo”, explica Brandtzæg.

O lucro antes dos juros e impostos (Lajir) da bauxita e alumina, área que concentra todos os seus ativos no Brasil, apresentou melhora significativa no terceiro trimestre, refletindo os preços realizados da alumina mais altos e custos operacionais mais baixos na Hydro Alunorte. O preço realizado da alumina, contudo, sofreu o impacto negativo de uma parcela menor de vendas a preços indexados.

"É uma satisfação ver que o programa de melhorias ‘De B até A’ vem progredindo conforme planejado e que os esforços feitos na área de Bauxita & Alumina estão sendo refletidos nos lucros. Os custos operacionais da Hydro Alunorte estão baixando e esta é uma excelente oportunidade para atingirmos nossas metas”, acrescentou Brandtzæg.

A área de Metal Primário melhorou o Lajir substancialmente neste terceiro trimestre, influenciado pelos preços de alumina realizados mais altos e o aumento dos produtos premium. Tal desenvolvimento positivo foi parcialmente afetado pelo aumento dos custos de matéria-prima e os volumes de vendas sazonalmente mais baixos.

O fluxo de caixa operacional somou R$ 412 milhões no terceiro trimestre, incluindo um aumento de R$ 337 milhões de capital de giro. O caixa líquido utilizado para atividades de investimento chegaram a R$ 337 milhões. O endividamento líquido da Hydro era de R$ 787 milhões no final do terceiro trimestre.

Os lucros reportados antes de juros e impostos somaram R$ 726 milhões no terceiro trimestre. Além dos fatores abordados acima, o LAJIR reportado inclui ganhos líquidos de derivativos realizados e efeitos positivos de metal de R$ 178 milhões ao todo. Os lucros reportados também incluem R$ 11 milhões de outras despesas.

No trimestre anterior, os lucros antes de juros e impostos reportados somaram R$ 232 milhões, inclusive ganhos líquidos de derivativos realizados e efeitos positivos de metal de R$ 57 milhões ao todo. Os lucros reportados também incluíam despesas de R$ 32 milhões na Sapa (cota da Hydro), devido, em especial, a atividades de racionalização.

A receita da continuação das operações totalizou R$ 249 milhões no terceiro trimestre, inclusive perda cambial líquida de R$ 375 milhões. No trimestre anterior, a receita da continuação das operações somou R$ 100 milhões, inclusive perda cambial líquida de R$ 37 milhões.