Confira algumas tendências gastronômicas bizarras para 2015

Sorvete salgado, barrinha de proteína feita de inseto e outras tendências gastronômicas que vão dominar este ano


Por: Marie Claire Em 02 de janeiro, 2015 - 19h07 - Gastronomia

Foto: Divulgação

Depois do boom dos sucos verdes detox, está na hora de conhecer os alimentos que chegam com tudo em 2015. As tendências foram apresentadas pela Baum + Whiteman, principal consultoria de restaurantes e comida internacional, instalada no Brooklyn, em Nova York.

SORVETE SALGADO
Se depender de 2015, os sorvetes não ficarão mais restritos às sobremesas. “Receitas salgadas feitas de alcachofra e anchova estarão em alta e prometem deixar os pratos, em geral, mais refrescantes”, conta Rosa Moraes, diretora de hospitalidade da Laureate Brasil. “Nos restaurantes, eles são servidos para limpar o paladar, entre um prato e outro do cardápio. Por exemplo, quando a entrada contém peixe e o prato principal é feito à base de carne.”

Segundo a especialista, esta novidade é, em parte, reflexo da onda fitness e vida saudável que tomou conta de 2014, e surge para acompanhar a tendência dos sucos. A abertura de sorveterias também exerce certa influência sobre o surgimento dos sorvetes salgados e deve oferecê-los a quem busca alimentos naturais e gosta de ousar.

INSETOS
A resistência à ingestão de formigas deve diminuir substancialmente. Muito consumidas no México e no Oriente, elas devem ganhar o mundo como ótima fonte de proteína. “Além disso, não engorda, não tem glúten e é livre de gordura saturada”, comenta Rosa. O preparo é simples: deixar secar e, depois, temperar. Mas, na verdade, são as barras de proteínas feitas à base de insetos que devem surgir como novidade.

MATCHA
Muito consumidos nos templos budistas japoneses, o chá preparado com as folhas mais novas vindas de plantações protegidas do sol devem ganhar o ocidente. “Ele é rico em antioxidante e tem propriedade diurética”, conta a especialista. Em paralelo, continuam forte as águas temperadas com pepino, limão ou hortelã.

SABORES AMARGOS
A tendência do cacau cada vez mais puro se une aos vegetais amargos – almeirão, chicória e escarola - como sabor a ser explorado.

O RETORNO DAS OSTRAS
Além de serem ingeridas abertas ou gratinadas, elas têm tudo para virar atração de happy hour ao acompanhar coquetéis em forma de molho. “É mais uma ótima fonte de proteínas”, explica Rosa.

O NOVO BACON
O bacon que reinou por anos como o queridinho quase unânime dos paladares deve ganhar concorrente. O maior deles atende pelo nome de ndjua, uma espécie de salame preparada com a pancetta, orelhas e bochecha do porco.

PISTACHE
Apesar de não ser novidade, o pistache figura na lista das tendências, provavelmente, por conta de sua multifuncionalidade. “Ele é muito saboroso, pode ser usado em sorvete, consumido ao natural ou ainda enriquecer pratos diversos ao ser usado ralado”, sugere a especialista.

SAI A COUVE, ENTRAM OUTRAS RAÍZES
“Em 2014, os restaurantes estavam usando muita couve em seus pratos”, lembra Rose. Em 2015, porém, ela será substituída por outras raízes, como aipo e kohlrabi. Eles podem ser servidos em forma de purê, fritos ou gratinados.

COZINHA CASUAL
Os food trucks e as feirinhas gastronômicas orgânicas, que começaram a dar as caras em 2014, devem se estabelecer como tendência absoluta. Muito chefes e proprietários de restaurantes cinco estrelas estão focados em ampliar – e popularizar – o acesso a pratos preparados com bons ingredientes.