Cobrador foi executado com cinco tiros

TOCAIA - Polícia trabalha com a possibilidade de premeditação já que nada foi roubado


Em 21 de abril, 2017 - 06h00 - Atualidades

Da Redação

Pode ter sido vítima de execução o rodoviário Antônio Guilherme Santos da Silva, de 46 anos, assassinado a tiros quando saía para trabalhar, na madrugada de ontem. O crime ocorreu na confluência da Estrada do Curuçambá com a Rua Marcílio Pinheiro, em Ananindeua, a poucos metros da casa onde morava a vítima, que era cobrador da empresa Forte. O assassinato revoltou os colegas de profissão do rodoviário, que vivem uma rotina de violência nos ônibus e decidiram fechar por completo as conexões entre Belém e os municípios de Ananindeua e Marituba. 

Para ler a matéria completa, assine O Liberal Digital!