Chefs fazem prévia de curso de gastronomia em aula show

Faculdade Estácio FAP promoveu evento com chefs no Ver-o-Peso da Cozinha Paraense para mostrar como será a nova graduação da instituição


Por: Karla Soares (ORM News) Em 29 de maio, 2015 - 16h04 - Gastronomia

Os chefs David Mansaud e Danilo Simões deram uma prévia do que os futuros alunos dos cursos livres e de graduação em Gastronomia da Estácio FAP vão ter acesso nos próximos meses. Na aula show de Cozinha Contemporânea Brasileira Saudável, realizada nesta quinta-feira (28), no restaurante Remanso do Bosque, a dupla mostrou a importância do uso de ingredientes frescos e naturais no preparo dos pratos. 

O evento faz parte da programação do Ver-o-Peso da Cozinha Paraense 2015. Este ano o festival gastronômico tem como tema a cultura e riqueza gastronômica da Ilha do Marajó. Enquanto executava pratos como o velouté de feijão branco e leite de coco, filhote defumado e crocante de siri com coentro, o chef David Mansaud mostrou técnicas como o corte de legumes à julienne, no qual ingredientes como cenoura são cortados em palitos finos e uniformes. 

O chef também deu dicas para evitar o tradicional 'choro' na hora de cortar cebola. 'Chorar ou não depende da forma como a cebola é cortada', disse Mansaud, enquanto mostrava habilidade com a faca de chef.

Além da receita com filhote defumado, o chef preparou o filé de peixe ao creme de caranguejo e legumes confitados na manteira de búfala. O parisiense apresentou os legumes de forma separada para que os comensais pudessem sentir o gosto real dos ingredientes e temperos utilizados.

Mansaud destacou ainda que a quantidade de temperos também influencia no resultado final de uma receita. 'Vocês, brasileiros, não me levem a mal, mas vocês têm o costume de colocar até 10 temperos em uma receita. No final você não sente o gosto de nada', apontou.

Da sala de aula para a cozinha

O curso de graduação em gastronomia da Estácio FAP começará a funcionar até o início de 2016, segundo o diretor de Marketing da faculdade, Ricardo Gluck Paul. Com dois anos e meio de duração, o curso terá 12 disciplinas para levar conhecimentos aos alunos nas áreas confeitaria, padaria, entre outros. 

Enquanto não chega o momento de estreia do curso, a FAP fará uma espécie de aquecimento para a graduação durante todo o segundo semestre de 2015, com a relização de eventos similares à aula show de ontem. Também serão promovidos cursos livres sobre técnicas diversas de gastronomia, adiantou Gluck Paul.



Notícias relacionadas