Mais Acessadas

Candidatos à Prefeitura de Belém falam de mobilidade urbana

Edmilson e Zenaldo apresentam seus programas de governo ao eleitor


Por: O Liberal Em 19 de outubro, 2016 - 07h07 - Eleições

O horário eleitoral gratuito na televisão, na campanha de segundo turno para a Prefeitura de Belém foi usado, pelos dois candidatos, Zenaldo Coutinho, atual prefeito, da coligação União por uma Belém do Bem (PSL / PSC / PSB / PMN / PEN / PR / PTC / PTN / PT do B / DEM / PRP / PSDC / PTB / SD / PSDB), e Edmilson Rodrigues, da coligação Juntos pela Mudança (PDT / PSOL / PPL / PV), para apresentação de suas propostas de trabalho para os próximos quatro anos. A programação de ontem foi aberta por Edmilson Rodrigues, no esquema de revezamento estabelecido pelas normas eleitorais.

Edmilson foi às ruas e dialogou com uma jovem que aguardava pelo ônibus na Pedreira e com ela seguiu viagem conversando. Ele a acompanhou até sua casa e lá foi recebido pela família, tendo, no bate-papo, falado sobre sua intenção de criar um bilhete único com validade de duas horas para que, com apenas uma passagem, as pessoas possam pegar quantos veículos necessitarem, seja ônibus, embarcação, BRT ou transporte alternativo. No diálogo, o candidato também tratou não apenas de mobilidade urbana, como também de segurança, prometendo a instalação de câmeras de segurança por toda a cidade, bem como, a criação de uma Secretaria Municipal de Segurança e um Conselho Municipal de Segurança que envolva não apenas a Guarda Municipal, como também, as comunidades. No entendimento do candidato do PSOL, é necessário investir na prevenção para que os jovens que hoje estão cometendo crimes possam ser ressocializados, diminuindo assim, as penas por meio da educação, com novas propostas de saídas para as crises que levam muitos ao mundo da delinquência infantojuvenil.

Ainda no programa de Edmilson, foi frisado que questão de segurança na cidade diz respeito à prefeitura e, portanto, ao prefeito, daí a preocupação do candidato, se eleito, em procurar resolver a situação de forma a propiciar bem-estar para toda a coletividade, inclusive prometendo iluminação nas ruas e praças.

Zenaldo Coutinho, por seu turno, voltou a destacar as obras do BRT que, ao seu ver, não significam apenas cuidar da mobilidade, do modal de transporte. Ele afirma que as obras do BRT passam pelo saneamento, pela urbanização e pela reorganização da cidade. Na Augusto Montenegro, diz o candidato, a situação era caótica, sem sinalização, sem iluminação, com pontos de estrangulamento do trânsito e alagamentos. Com as obras, os alagamentos tendem a desaparecer, porque, frisou, não estão sendo feitas apenas pistas para os ônibus conjugados, mas toda uma infraestrutura que propicia segurança, beleza e iluminação noturna. A água tem para onde ser escoada, porque, conforme a engenharia, foram utilizados três pontos naturais de escoamento, que foram bem aproveitados com um trabalho "sério e duradouro". "Tem candidato que diz que vai fazer o BRT rapidamente. Não é bem assim. Tem de ser uma obra verdadeira", disse Zenaldo, lembrando que quando assumiu a prefeitura, o sistema estava sem direção. Ele cuidou de fazer o complexo do Entroncamento e colocar em atividade logo os ônibus expresso. "É uma obra duradoura e por etapa que vai chegar aonde tem de chegar que é Icoaraci", disse o candidato, que também mostrou como ficou a vida das pessoas residentes no bairro Carmelândia depois das obras na nova Rodovia Augusto Montenegro. Também foi salientado o apoio dos moradores dos bairros da Cremação e Guamá, onde a prefeitura implementa obras. Ao final do programa, foi feita uma homenagem pela passagem do Dia do Médico.