Mais Acessadas

Candidatos à Prefeitura buscam apoios para o 2º turno

O segundo turno está marcado para o dia 30 de outubro


Por: O Liberal Em 04 de outubro, 2016 - 07h07 - Eleições

Foto: Alessandra Serrão - PSDB / Cristino Martins - O Liberal

Os candidatos à Prefeitura de Belém não pararam para descansar após o primeiro turno. Zenaldo Coutinho (PSDB), que busca a reeleição e teve 241.166 votos (31,02%) e Edmilson Rodrigues (PSOL), com 229.343 (29,50%), já começaram a corrida para o segundo turno. Rodrigues disse que sairá em busca dos votos dos 70% dos eleitores que, na interpretação dele, votaram contra Zenaldo Coutinho. 

"Vamos correr atrás dos 70% que querem mudança, que votaram contra o atual prefeito. Já que votaram na oposição, a tendência é que esses votos venham para nós, em especial os votos do candidato Eder Mauro, porque são pessoas que querem melhoria na segurança da cidade. Queremos também conquistar e cativar os cerca de 40% que não votaram em mim. Tenho confiança de que quem não votou em mim no primeiro turno fará no segundo e não vai manter esse governo. Já liguei para os outros candidatos que concorreram às eleições para dar-lhes parabéns pelo pleito, mas, sob ponto de vista concreto, com as lideranças partidárias e candidatos queremos ter diálogos esses dias", afirmou o candidato do PSOL.

Para o candidato tucano, Zenaldo Coutinho, o segundo turno na capital paraense terá um confronto direto de ideias, projetos, programas e realizações entre os dois candidatos mais votados no primeiro turno. "Será um contra um, e não mais muitos contra um, como ocorreu no primeiro turno. Teremos agora um confronto de ideias, projetos, programas e realizações, oito anos do Edmilson e quatro anos do Zenaldo, e nós temos um conjunto muito forte de realizações", afirmou Zenaldo. 

Na avaliação do candidato à reeleição, sua vitória no primeiro turno não foi surpresa. "Sempre tivemos o foco nas ruas e entendemos que o processo eleitoral reúne persistência, com crescimento, determinação e adesão". Na segunda etapa do processo eleitoral, como ressaltou Zenaldo, os dois candidatos vão dispor do mesmo tempo para a propaganda política na TV. Salientou que no primeiro turno, ainda que dispusesse de um tempo expressivo individualmente, no coletivo esse espaço se reduzia.

Sobre alianças políticas, Coutinho destacou que ontem fez contatos com vereadores eleitos e também com dirigentes de partidos e se aproxima de outros candidatos majoritários do primeiro turno para a fase final da corrida eleitoral.