Mais Acessadas

Cadastro Rural Fundiário será realizado no município de Moju

E na quarta-feira, 29, o trabalho será iniciado em Acará.


Por: Redação ORM News com informações da Agência Pará Em 28 de março, 2017 - 13h01 - Pará

Ponte Rio Moju (Foto: Cristino Martins)

Inicia nesta terça-feira, 28, o projeto piloto do primeiro módulo do Cadastro Rural Fundiário (Carf), sistema de base digital que dará um mosaico da ocupação das terras do Estado. O cadastro será realizado primeiro no município do Moju, na região do Baixo Tocantinsfuncionará como um banco de dados referencial e inovador do setor, representando uma nova fase no processo de regularização fundiária no Pará.

Uma equipe dos técnicos do Instituto de Terras do Pará (Iterpa) vão verificar a infraestrutura tecnológico existente no município e, em seguida, vai se reunir com representantes de sindicatos, de associação de pequenos produtores rurais e outros segmentos interessados para explicar a metodologia do novo sistema. O cadastro vai ser feito inicialmente com as famílias ocupantes da Gleba Moju 3.

O módulo, entre outros procedimentos, prevê o cadastramento de propriedades rurais e o treinamento de técnicos do governo, da prefeitura e de sindicatos rurais para que o Iterpa possa avaliar o funcionamento do software e ampliar o trabalho para outros municípios paraenses.

Depois dessa fase, o Carf  se concentrará nos módulos análise, monitoramento e transparência, que são as outras fases do sistema. A previsão é de que seja concluído no ano que vem, sendo hoje uma das prioridades do Instituto, juntamente com a nova sede que será inaugurada no primeiro semestre deste ano. Nesta quarta-feira, 29, outra equipe se desloca para o Acará a fim de iniciar os trabalhos naquele município.