Mais Acessadas

Bovespa fecha em alta e dólar cai com Lula na Casa Civil

Ibovespa avançou 1,35%, após queda de mais de 3% na véspera


Por: G1 Em 16 de março, 2016 - 17h05 - Economia

O principal índice da Bovespa fechou em alta nesta quarta-feira (16), amparado pela recuperação dos papéis da Petrobras e do Banco do Brasil, após sessão volátil, marcada novamente por noticiário político intenso, com destaque para o anúncio de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será o novo chefe da Casa Civil.

O principal índice de ações da bolsa paulista subiu 1,34%, aos 47.763 pontos. Veja a cotação.

Na mínima, o índice caiu 1,29%. Na máxima, subiu 1,44%.

Já o dólar fechou em queda de 0,63%, vendido a R$ 3,7391, após atingir R$ 3,8542 na máxima do dia,

De acordo com a Reuters, a confirmação de Lula como novo ministro não traz alento às perspectivas econômicas, mas havia sido antecipada em grande parte na véspera, o que atenuou o efeito nesta sessão, quando a bolsa paulista ainda encontrou suporte no Fed e nos preços de commodities.

O Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, manteve nesta quarta a taxa de juros e indicou apenas duas altas de juros neste ano, ao invés das quatro previstas anteriormente, o que, em tese, favoreceria mercados emergentes que oferecem rendimentos elevados.

Destaques de alta

As ações da Vale tiveram alta de 8,88%, favorecidas pela alta dos preços do minério de ferro na China. Papéis de siderúrgicas também tiveram uma sessão de fortes ganhos, com Usiminas avançando 10,9% e CSN subindo 10,54%.

As preferenciais da Petrobras subiram 9,38%, após acumular queda de 18,3% nas duas sessões anteriores. Os papéis seguem sensíveis ao cenário político, mas encontraram na alta dos preços do petróleo no exterior suporte para a recuperação.

O Banco do Brasil, outro papel que segue atrelado às expectativas no campo político,  encerrou em alta de 3,37%, após recuar mais de 20% na véspera, na maior queda percentual diária em 20 anos.  Ainda no setor bancário, Itaú Unibanco e Bradesco caíram 2,96% e 2,22%, respectivamente.