Mais Acessadas

Botafogo (SP) vence River (PI) por 3 a 2

Botafogo jogará por empate para ser campeão


Por: Portal EBC Em 08 de novembro, 2015 - 11h11 - Série D

O Botafogo (SP) venceu o River (PI) por 3 a 2 na primeira partida da final da Série D, em Ribeirão Preto, nesta noite de sábado (7). Após um primeiro tempo equilibrado sem gols, o segundo tempo foi eletrizante. O destaque foi o artilheiro Francis, que fez os três para o time da casa. A torcida (9.652 pagantes) viu um jogo emocionante até o fim, e deixou o suspense para o segundo jogo, no dia 14, em Teresina. Botafogo precisa de um empate, e o River, de uma vitória simples.

O jogo

A partida começou equilibrada. A equipe piauiense fazia a marcação no campo de ataque e até assustou os torcedores da casa com ataques principalmente pela esquerda. A postura demonstrava que o time nordestino não ficaria apenas fechado na defesa.

Mas a primeira chance de gol foi do Botafogo e quase saiu um golaço. Nesse lance, logo aos 5 minutos de jogo, Helton Luiz cruzou por baixo e o atacante Francis chutou de letra. O goleiro chegou a espalmar antes que a bola batesse no travessão.

A partida seguia aberta e o time do interior paulista melhorou a saída de bola e também adiantou a marcação. A estratégia deu certo. A partir dos 30 minutos, os lances passaram a ser mais perigosos quando Canela e Francis eram acionados. Os cruzamentos tinham como meta chegar ao centroavante Nunes que, bem cercado, tinha dificuldades para concluir. O primeiro tempo terminou sem gols

Segundo tempo

Só que na etapa final, o cenário se alterou. “Precisamos encontrar caminhos para chegar ao gol. Vamos marcar o adversário no nosso campo de ataque e sair em mais velocidade”, explicou o técnico da equipe paulista, Marcelo Veiga. Foi exatamente com essa estratégia que saiu o gol do Botafogo, aos 12 minutos. Após cobrança de lateral, Canela saiu em velocidade pela esquerda, driblou dois jogadores e cruzou para Francis na medida para abrir o placar.

A torcida despertou e empurrou o time para ampliar o marcador. Aos 25 minutos, o zagueiro Mirita cobrou falta e a bola chegou ao atacante Nunes, que escorou para Francis. O atacante chutou de primeira para fazer o segundo dele na partida. O Botafogo seguiu na pressão, mas aos 38 minutos, tomou o primeiro após Célio Codó pegar rebote.

Na jogada seguinte, o artilheiro da noite, Francis, aproveitou bola alçada na área e cabeceou para marcar o terceiro. Quando a torcida já gritava “é campeão”, o River fez o segundo em um final emocionante. A bola foi cruzada na área e o goleiro Neneca acabou espalmando para dentro, o que diminuiu a comemoração. O 3 a 2 deixa a final ainda mais em aberto. O time paulista precisa de um empate. “Tem muito pela frente ainda. Não há nada decidido, mas fiquei muito feliz com os três gols”, disse Francis. A comemoração contida tem motivo: uma vitória simples do time do Piauí, em Teresina, na semana que vem, pode deixar a taça no Nordeste.