Mais Acessadas

Bicolores admitem cansaço, mas frisam: 'Precisamos melhorar'

Paysandu escancarou dificuldade física na vitória por 1 a 0 sobre o Águia, na decisão das quartas de final da Copa Verde


Por: Redação ORM News Em 04 de abril, 2017 - 22h10 - Copa Verde

Foto: Fernando Torres / Paysandu

O Papão está classificado para a semifinal da Copa Verde, mas a noite desta terça-feira (4) também acendeu um sinal de alerta quanto ao nível físico do elenco. O time deixou claro que, apesar da vitória por 1 a 0 sobre o Águia no Mangueirão, teve um desgaste acima do normal.

Ao deixar o gramado, o zagueiro Gilvan revelou: 'Não é desculpa, mas jogamos em Marabá na sexta-feira em um campo cheio de lama e é difícil recuperar em tão pouco tempo. Sabemos que deixamos a desejar, mas não levamos gol e conseguimos a vitória. Parabéns à equipe pela entrega'.

O atacante Alfredo, substituído já no final do confronto, foi mais enfático na cobrança sobre a equipe. 'Chegamos à semifinal da Copa Verde e é importante, mas sabemso que não fizemos um bom jogo. Erramos passes demais, principalmente no último terço do campo e não criamos muitas chances de gols. Precisamos focar e concentrar para arrumar tudo', falou.

A disputa para saber quem vai à final do certame regional será contra o Santos do Amapá e o capitão e autor do gol do Papão sobre o Águia, Fernando Lombardi, salientou: 'O Santos eliminou o Remo. Jogou em casa e teve o controle completo do jogo. Vamos ter muito trabalho contra eles, mas vamos entrar com tudo para conquistar nossa classificação'.

As partidas das semifinais da Copa Verde estão previstas para acontecer nos dias 16 e 19 deste mês de abril. O campeão ganhará R$ 180 mil de cota, além da vaga direta nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2018.