Mais Acessadas

Avao comemora aniversário com programação especial

A Avao conta apenas com três funcionários - um motorista, cozinheira e uma auxiliar de serviços gerais - e 40 voluntários.


Por: Redação ORM News com informação da assessoria Em 10 de março, 2017 - 09h09 - Belém

Foto: Agência Pará

A Associação Voluntária de Apoio à Oncologia (Avao) completa hoje 18 anos de fundação. Para celebrar a data, uma missa será presidida pelO padre Everaldo, na sede da própria associação, localizada na Travessa 14 de Abril, entre as avenidas Gentil Bitencourt e Magalhães Barata. Em seguida, haverá música e sorteio de brindes para os pacientes e ainda um almoço.

Pela parte da tarde, às 15h, ocorre uma assembleia geral para a prestação de contas e posse da diretoria da associação. A presidente da Avao, Ana Klautau, lembrou, ontem, dos primeiros anos da instituição. “Nós fomos criados dentro do Hospital Ophir Loyola. Depois, com muita luta, conseguimos comprar a nossa própria casa, onde são promovidas oficinas para os pacientes, com professores voluntários, e oferecidos ainda café da manhã e almoço para os nossos pacientes”, contou Ana.

Atualmente, a Avao conta apenas com três funcionários - um motorista, cozinheira e uma auxiliar de serviços gerais - e 40 voluntários. “São pessoas que se doam para que nós possamos um pouco fazer o bem para quem precisa”, reconheceu Ana Klautau. Uma das ações da Avao ocorre às quartas-feiras, quando a associação distribui material de higiene como hidratante, desodorante, creme dental, escova de dente e fraldas geriátricas de tamanhos M e G, dentro do Hospital Ophir Loyola. 

A Avao é uma entidade filantrópica de direito privado, sem fins lucrativos, cuja finalidade é restrita ao apoio assistencial a doentes acometidos de câncer em tratamento no Hospital Ophir Loyola, independente de credo religioso e sem caráter político-partidário. Foi criada em 10 de março de 1999, por um grupo de senhoras lideradas por Therezinha Colagrossi Ribeiro, com experiência em trabalho voluntário no Hospital A.C. Camargo, em São Paulo.

A primeira presidente foi Ceuci Palmeira Gallo, que não chegou a terminar seu mandato, tendo sido substituída por Maria da Conceição Fischetti. Em 2001, houve eleição para a diretoria, que ficou com a presidência de Ana Klautau Leite.