Mais Acessadas

Atletas aprovam rodízio na Seleção masculina de vôlei

Equipe mudou escalação titular para os três confrontos realizados na Liga Mundial desse ano, sendo dois contra a Sérvia e um contra a Austrália


Por: Lance!Net Em 05 de junho, 2015 - 21h09 - Vôlei

Foto: Divulgação/FIVB

Nem sempre um jogador aprova ser colocado no banco de reservas, seja em qual esporte for. Para os atletas da Seleção Brasileira masculina de vôlei, porém, o sentimento é outro. A comissão técnica da equipe vem realizando um rodízio, alternando escalações titulares e modificando o time. Para os jogadores, o teste é válido.

- A gente tem muitas peças de reposição. Essas trocas são benéficas. Querendo ou não, nunca sabemos o dia de amanhã, um jogador pode lesionar, então esses testes são valiosos. Não só para esse ano, mas para o ano que vem, na Olimpíada do Rio de Janeiro - disse o central Lucão.

Mesmo sem Bernardinho à beira da quadra, já que ele cumpre uma suspensão de dez jogos imposta pela Federação Internacional de vôlei (FIVB), já tendo cumprido três partidas, o esquema segue o mesmo, com os atletas revezando na rotação titular da equipe. O trabalho na quadra, agora, vem sendo feito pelo auxiliar Rubinho.

- A gente tem um plano de rotação estabelecido. Fizemos uma organização de todas as rodadas. Nessa primeira fase, especificamente contra Sérvia e Áustralia, vamos rodar muito mais a equipe. No ano passado não conseguimos isso, porque tivemos de correr atrás da classificação. Esse ano temos essa possibilidade - comentou Rubinho, antes de completar sobre os benefícios disso:

- Está sendo bom para os próprios jogadores, que estão tendo um grau de competitividade maior. Esse é o intuito da rotatividade.

Em todas as conversas com os atletas, o pensamento é o mesmo: estar pronto para os Jogos Olímpicos. Ainda assim, o rendimento da equipe não caiu, visto que o Brasil já venceu duas vezes a Sérvia e uma vez a Austrália em seus três jogos na Liga Mundial desse ano.

- Acho que o time está em uma crescente e a ideia é essa, melhorar sempre. Estamos mexendo bastante no time, e os jogadores estão contentes com a chance que estão tendo - comentou William.