Mais Acessadas

Asus Zenfone 3 Zoom chega ao Brasil com preço competitivo

O preço do Zenfone 3 Zoom é competitivo: a partir de R$ 1.899


Por: Tech Tudo Em 28 de março, 2017 - 07h07 - Tecnologia

O preço do Zenfone 3 Zoom é competitivo: a partir de R$ 1.899. Comparado pela Asus ao iPhone 7 Plus e outros celulares premium concorrentes, o aparelho se destaca pela qualidade das câmeras e pela bateria potente. Em três modelos de 32 GB (3 GB de RAM), 64 GB e 128 GB (ambos com 4 GB de RAM), os smartphones vão custar respectivamente R$ 1.899, R$ 2.199 e R$ 2.499, disponíveis a partir desta segunda-feira na loja da Asus e em varejistas de eletrônicos em todo o Brasil. Diferente do modelo anterior, o Zenfone 2 Zoom, o novo aparelho tem fabricação nacional.

O smartphone que chega ao Brasil vem em duas cores: Glacier Silver (prata) e Navy Black (preto). A versão Rose Gold (rosa) só deve aparecer nas prateleiras das lojas no país no segundo semestre deste ano, pouco depois da chegada do Zenfone AR, também anunciado pela Asus no mercado nacional nas mesmas cores que o modelo Zoom. 

Foto: Tech Tudo

“Copiamos a Apple”

Durante o evento de lançamento do Zenfone 3 Zoom na última sexta-feira (25), a Asus comparou seu mais novo aparelho ao iPhone 7 Plus. “Pode parecer que nós estamos copiando a Apple. É, neste quesito de duas câmeras, nós estamos copiando a Apple. Mas fizemos melhor”, disse Marcel Campos, diretor regional para a América Latina. Para o executivo, o Zenfone 3 Zoom tem zoom maior e foca mais rápido que o concorrente.

O Zenfone 3 Zoom é um smartphone com uma câmera avançada que traz um zoom óptico potente junto a um hardware robusto para a captura de vídeos em 4K (Ultra HD). Para fotos da câmera traseira são 12 megapixels e zoom óptico de 2.3x (pouco maior que o do celular da Apple). O zoom digital chega a 12x. A diferença sentida na variação de cor entre as duas lentes da câmera dupla durante a CES 2017 parece ter sido solucionada com refino de software. A câmera também oferece outros ajustes manuais.

Celular para a fotografia

O destaque é todo do SuperPixel, um kit de software e hardware que permite a troca de foco mais rápida e imagens mais nítidas, mesmo com pouca luz, trabalhando com ISO inteligente e redução de ruídos pós-disparo. A câmera principal tem 12 megapixels e abertura focal de f/1.7 com lente de 25mm (grande angular) e sensor fabricado pela Sony IMX 298.

Já a segunda câmera também tem 12 megapixels, mas é uma teleobjetiva de 59mm (câmera de zoom, de 2.3x) com abertura focal de f/2.6 de fabricante não informado. Uma terceira lente, da câmera frontal do celular, tem 13 megapixels e abertura focal de f/2.0. O sensor é um Sony IMX 214 para fazer selfies.

Outro destaque é o sistema de foco automático chamado TriTech+. Ele funciona como um detector de movimentos melhorado que escolhe automaticamente entre três tecnologias de autofoco: Dual Pixel PDAF, autofoco de rastreamento de objeto/assunto e foco de laser de segunda geração — dependendo da situação, pode "secar o foco" em cerca de 0.03 segundos.

O dia todo longe da tomada

Para suportar tanto consumo de energia, a bateria é de 5.000 mAh e promete não desapontar. Segundo a Asus, dura cerca de 42 dias em stand by ou cerca de seis horas capturando vídeos 4K ou realizando outras atividades mais complexas no processador. Ou seja, o Zenfone 3 Zoom promete ser um celular feito para tirar fotos e gravar vídeo ao longo do dia com uma única carga.

Fabricado com o corpo em metal, o novo Zenfone pesa 170g com 7,9 mm de espessura. Elegante, tem tela de 5,5 polegadas AMOLED (full HD) e processador Qualcomm Snapdragon 625 (octa-core), com Android Marshmallow (6.0). A Asus promete update para o Android Nougat (7.0) para final de maio ou início de junho. E o espaço de armazenamento é expansível até 2T com cartão micro SD. O Zenfone 3 Zoom foi mostrado pela primeira vez na CES 2017, em Las Vegas (EUA). 

Câmera Polêmica

Vale lembrar que o Zenfone 3 Zoom decepcionou em um hands-on na CES 2017, em Las Vegas. Em rápido teste com o smartphone no evento, foram notados alguns problemas na câmera — seu principal atrativo. Ao acionar o zoom e fazer a troca da lente grande angular para a teleobjetiva, foi notada uma grande diferença nas cores registradas na foto, com tons quentes e frios. Uma paisagem de tons de amarelo sem zoom ficou avermelhada quando chegou 2,6x de zoom.

A versão que chega ao Brasil já recebeu um refinamento de software, que melhorou o processamento das imagens pós-clique, por meio de recursos de tratamento, e o comportamento da câmera teve melhora. O review completo e definitivo você confere em breve aqui no TechTudo.