Mais Acessadas

Assembleia Paraense sobe no palco como Deusa Celestial

Ana Carolina Santalices foi a 18ª candidata a se apresentar.


Por: Portal ORM Em 03 de fevereiro, 2018 - 00h46 - Rainhas

Ivan Duarte

A 18ª candidata foi a Rainha da Assembleia Paraense, Ana Carolina Henriques Santalices Brito, de 22 anos, que é formada em direito e faz a sua estreia em um concurso de beleza. A candidata usou a fantasia "Dakini, a Deusa Celestial", a divindade que representa a mente feminina e assume a forma de um anjo, com a missão de garantir a paz no Universo. Na noite do concurso, ela nos convidou a dançar em êxtase com a beleza da verdade divina e assim acabar com toda a negatividade, transformando-se em uma explosão de luz, paz e positividade. "Eu e minha equipe fizemos um bom trabalho. A fantasia inteira tem um pouco de mim. Vou dar o meu melhor e levar o nome do clube para o palco", afirma Santalices.

O corpo da fantasia era coberto por cristais que representavam a luz que emana da deusa, com um par de asas. Na cabeça, um adereço que representa uma grande estrela. O resplendor traduz os raios de luz que são emanados pela deusa e o brilho das estrelas no universo governado por Dakini. Foram usados semi-joias, strass, cristais e penas de pavão, plumas de avestruz e boá de chinchila. As cores da fantasia são cristal, prata e azul. Criação de Hélio Alvares, coreografia de Éverton Magalhães. Cabelo e maquiagem de Romário Gonçalves.