Mais Acessadas

Após denúncia, agente da Semutran é afastado

Segundo a Prefeitura Municipal de Ananindeua, nesta segunda-feira (27), a Procuradoria Geral do Município instaurou sindicância para apurar a conduta


Por: Redação ORM News Em 27 de março, 2017 - 17h05 - Região Metropolitana

Foto: Reprodução/Facebook

Atualizada às 18h34

Após a grande repercussão da conduta do agente da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito de Ananindeua (Semutran), Arthur Diego Lopes da Cunha, a Prefeitura Municipal de Ananindeua (PMA) informou que o servidor foi afastado imediatamente após o conhecimento da abordagem. Ainda segundo a PMA, nesta segunda-feira (27), a Procuradoria Geral do Município instaurou sindicância para apurar o desvio de conduta ou abuso de autoridade do servidor, que irá responder administrativamente e criminalmente pelo ato praticado. 

Diego Cunha foi identificado a partir do compartilhamento de um vídeo nas redes sociais no último sábado (25). Na publicação, a vítima Dina Batista registra a ação da blitz em que foi parada no município de Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém. A mulher relata que o servidor afirmou que o pneu do veículo estava 'careca', mas a afirmação foi contestada até pelos próprios agentes que acompanhavam a abordagem. '(...)fomos vítimas do abuso de poder do agente Diego, da Semutran do município de Ananindeua, que nos multou e rebocou alegando pneu careca, fato este totalmente contestável, até mesmo por outros agentes e PMs no local, mesmo assim na hora propomos trocar o pneu na blitz e o step, o que de forma truculenta não foi atendido', desabafou. Dina relatou ainda que teve o carro multado e rebocado.

Nas imagens, é possível ver que o agente tenta impedir que a vítima continue utilizando o celular para gravar o que ocorria. A condutora relatou ainda que registrou um boletim de ocorrência (B.O.) e que irá tomar as medidas judiciais necessárias.

A prefeitura esclareceu ainda que repudia atos desta natureza por parte de seus agentes de trânsito que tem a função de orientar e abordar, de maneira íntegra, todos os condutores.

REINCIDÊNCIA 

Diego Cunha já havia sido afastado do cargo, mas teve o retorno determinado por meio da portaria Nº. 118 de 16 de agosto de 2016. Na publicação, havia sido determinado o afastamento do servidor pelo período de 60 dias como medida cautelar para averiguação de irregularidades na conduta. 

Em outro vídeo publicado pelo twitter @BelemTransito, o agente é mostrado em ação conflituosa com outros condutores, o que teria culminado no seu afastamento de 2016.

Confira o vídeo: