Mais Acessadas

Com lama, Paysandu vence o Águia e garante vantagem na CV

Bicola pode até perder por 1 a 0 o jogo da volta que ficará com a vaga na semifinal


Por: Redação ORM News Em 31 de março, 2017 - 18h06 - Copa Verde

Foto: Ascom / Paysandu

Uma noite para - literalmente - sujar o uniforme! O Paysandu conseguiu vencer o Águia em um jogo marcado pelo péssimo estado do gramado do Zinho Oliveira, em Marabá. A partida foi válida pela primeira rodada das quartas de finais da Copa Verde e aconteceu na noite desta sexta-feira (31).

O Bicola venceu por 2 a 1 graças aos gols de Will e Ayrton, enquanto que Ednaldo, de pênalti, diminuiu para o Azulão. A vitória garantiu a vantagem do empate e de poder perder até pelo placar de 1 a 0. Caso o Azulão devolva o 2 a 1, a decisão irá para as penalidades. Qualquer vitória marabaense a partir de 3 a 2 (4 a 3, 5 a 4...) classifica o time de João Galvão.

Saiba como foi a partida lance a lance aqui!

A partida da volta está marcada para esta terça-feira (4), às 19h15, no Mangueirão, em Belém, com transmissão lance a lance pelo Portal ORM News. Quem avançar, pegará o vencedor do duelo entre Paysandu e Águia para disputar uma vaga na final da Copa Verde. O campeão ganha R$ 180 mil e a entrada nas oitavas de finais da Copa do Brasil de 2018. 

1º tempo: muita lama e gol do Paysandu

O jogo começou e quem mais chamou a atenção não foi jogador ou a bola, mas, sim, a lama! O estado sofrível do gramado do Zinho Oliveira foi o responsável, inclusive, pelo primeiro lance de perigo do jogo. Aos nove minutos, um chutão para a área do Paysandu parecia que seria facilmente rebatido por Gilvan, mas o zagueiro bicolor perdeu o equilíbrio por conta do piso escorregadio e furou o chute. A redonda, então, sobrou para Kaique, que tentou arrancar para finalizar em gol e também 'patinou'. Resultado: a pelota ficou parada, à espera da defesa de Emerson.

No minuto seguinte, porém, não teve lama para parar o atacante Leandro Carvalho. O garoto do Papão disparou pela direita, saiu de dois marcadores e entrou na área do Azulão, mas, foi cercado por Roberto no momento do chute e acabou mandando por cima da trave de Maycki Douglas.

Já aos 20, Ayrton cobrou escanteio na cabeça de Leandro Carvalho que testou fraco e viu Wesley se atirar na redonda para tentar desviar para a rede, mas falhou e acabou deixando ela sair pela linha de fundo. Ao 33, porém, não houve defeitos! Rodrigo Andrade saiu bonito pela direita e mandou para Alfredo, que puxou a marcação na direita e cruzou para a área. Will apareceu por trás da marcação e colocou para a rede.

Foto: Arquivo / O Liberal

O Águia tentou o empate, mas, aos 47 minutos, Leandro Carvalho foi acionado pela direita, disparou pela ponta e, diante de três marcadores, soltou uma pancada de esquerda. A bola desviou em Mael e obrigou Maycki Douglas a praticar um verdadeiro milagre!

2º tempo: Águia empata e Ayrton garante vitória do Papão

Na volta do intervalo, os uniformes foram trocados por outros limpos. No entanto, o jogo seguiu da forma que terminou a primeira etapa e, aos dois minutos, Wesley desviou, de cabeça, a cobrança de falta de Ayrton. Maycki Douglas se esticou todo para fazer outra grande defesa para o Águia.

A resposta do Azulão aconteceu em uma investida pela direita, que Tiago Mandí chegou à linha de fundo, driblou e cruzou na área. Fernando Lombardi tentou cortar para evitar a chegada de Vinícius e acabou colocando a bola muito perto do travessão de Emerson. Quase gol contra, aos 13 minutos!

O time de João Galvão passou a pressionar o Paysandu e, aos 26, teve uma grande chance com o capitão Bernardo. O defensor foi para a área do Bicola em cobrança de falta e viu a bola ser jogada para a área sem ser incomodada por ninguém. O defensor aguiano dominou no peito, quase a lado da trave e tentou o chute, mas acabou sendo pressionado por Emerson e furou. O lance só não fez mais falta porque, dois minutos depois, Tiago Mandi sofreu penalidade de Hayner. Ednaldo bateu forte, no alto e no meio e empatou a partida.

Foto: Arquivo / O Liberal

O Paysandu conseguiu reequilibrar o confronto e o jogo ficou parelho. Isso até que, aos 37 minutos, Ayrton resolveu inovar. Ele disparou pela direita e tabelou com Leandro Carvalho, entrou na área, tabelou com Daniel Sobralense e bateu na saída de Maycki Douglas para fazer o gol da vitória do Papão.

Ficha técnica (Águia 1 x 2 Paysandu)

Águia - Maycki Douglas; Matheus Marituba, Roberto, Bernardo e Ednaldo; Mael, Ramon e Kaíque (Cléo, depois Wesley); Thiago Mandí, Erick e Vinícius. Técnico: João Galvão

Paysandu - Emerson; Ayrton, Fernando Lombardi, Gilvan e Hayner; Wesley (Ricardo Capanema), Rodrigo Andrade e Diogo Oliveira (Daniel Sobralense); Leandro Carvalho, Will (Aslen) e Alfredo. Técnico: Marcelo Chamusca

Gols: Will 33'/1ºT (Paysandu); Ednaldo 28'/2ºT (Águia), Ayrton 38'/2ºT (Paysandu)

Cartões amarelos: Roberto, Ednaldo, Mael, Ramon, Erick e Vinícius (Águia); Wesley, Daniel Sobralense, Leandro Carvalho e Marcão (Paysandu)

Local: Zinho Oliveira (Marabá/PA)

Data: 31/03/2017

Hora: 19h

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo - DF (CBF)

Auxiliares: Jose Reinaldo Nascimento Junior - DF (CBF) e Lehi Sousa Silva - DF (CBF)